09/09/2021

As 33 árvores caíram durante o temporal que atingiu Maringá nesta quarta-feira, 8. O balanço parcial da Defesa Civil aponta também que sete carros e uma casa foram atingidos.

Os estragos foram maiores na região sul e em Floriano, distrito de Maringá. Os ventos passaram de 100 km/h no aeroporto, diz o diretor de Defesa Civil Municipal, Adilson Costa.

“Dentro da cidade de Maringá nós tivemos algumas situações, uma ou outra árvore, galhos grande, mas o estrago maior se concentra no distrito de Floriano, que foi na região onde passou ali no aeroporto e seguiu em frente o vento para Marialva, até Jandaia do Sul, inclusive, que estragou demais lá”, afirma Costa.

“Nesse momento [manhã de quinta-feira, 9], as equipes estão na rua, eles trabalharam até cerca de 00h, já estamos retornando agora e continua chovendo agora, nosso trabalho agora é distribuição de lona. De repente alguém que esteja com uma casa destelhada, mas repito, a região sul [de Maringá] e muito mais ali em Floriano que foi mais afetado”, complementa o Defesa Civil Municipal. Fonte: GCM Maringá

Deixe seu comentário