07/07/2021

1. Observe a embalagem da vacina – Na hora da aplicação, procure na embalagem o nome da vacina e o laboratório. Tenha certeza que a vacina que será administrada é a que deve ser aplicada naquele momento.

2. Veja o prazo de validade – A embalagem da vacina deve ter ainda o lote, a data de fabricação e a validade. Procure por essas informações para ter certeza de que o imunizante ainda pode ser aplicado.

3. Observe o armazenamento – As vacinas precisam ser guardadas em refrigeradores entre 2°C e 8°C para que o imunizante continue viável.

4. O material deve ser descartável – Seringa e agulha devem ser abertos na hora da aplicação, de preferência na frente do paciente, garantindo que ele veja o processo de abertura da embalagem.

5. Atenção à preparação – Embora não seja uma boa prática, é comum que, durante grandes campanhas de vacinação, as doses sejam preparadas antecipadamente nas seringas. O correto é que a dose seja preparada na hora da administração, de preferência na frente do paciente para que ele possa acompanhar todo o processo.

6. Acompanhe a aplicação – O local da aplicação (braço, perna ou glúteo) deve ser limpo com álcool. Observe ainda se a agulha entra na pele e se o profissional de saúde pressiona o êmbolo de maneira correta. É importante sentir que o líquido está penetrando sob a pele.

7. Peça para ver a seringa depois – Uma forma de garantir que a vacina tenha sido aplicada corretamente é pedir para ver a seringa utilizada imediatamente após a administração do imunizante.

Idosos – Se a pessoa a ser vacinada contra o coronavírus for um idoso, vale a pena acompanhá-lo até o centro de vacinação e certificar-se de que todos os passos estão sendo feitos de forma correta.

Fontes: Elisa Miranda Aires, infectologista da DaVita Serviços Médicos; Mayra Moura, diretora da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações); Valquiria Andrade Guerra, enfermeira de UTI da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo; e Rosana Richtmann, coordenadora de infectologia do Grupo Santa Joana.

Deixe seu comentário