21/01/2020

A convite de Ratinho Júnior, o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, participou, na manhã desta terça-feira (21), da reunião entre o governador e todo o seu secretariado.

Prefeito Sérgio Onofre durante participação de reunião com secretariado do Governo do Paraná – Foto:Assessoria de Imprensa – Prefeitura Municipal de Arapongas

“Foi um momento importante para nos inteirarmos sobre as prioridades que o governo está projetando para o ano e também para estreitarmos ainda mais os laços com a equipe de governo neste momento em que as parcerias precisam ser cada vez mais fortes com as prefeituras”, avaliou Sérgio Onofre, que também é presidente da Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar).

Segundo o prefeito, um dos principais assuntos da reunião foi a necessidade de se ampliar os mutirões para o combate ao mosquito da dengue em todo o Estado. Após o sucesso das iniciativas em Nova Cantu, Quinta do Sol, ambos na Região Centro-Oeste, e Florestópolis, no Norte, cidades em situação de epidemia que conseguiram reduzir drasticamente a incidência de casos da doença, o Comitê Intersetorial de Controle da Dengue vai criar um cronograma de mutirões pelo Estado.

O próximo “arrastão” contra o mosquito Aedes aegypti, com início ainda nesta semana, será em Santa Isabel do Ivaí, no Noroeste. A cidade apresentou 120 novos casos confirmados da doença apenas na última semana, de acordo com o boletim divulgado nesta terça-feira pela Secretaria de Estado da Saúde. O informe aponta também que a incidência de dengue no município é de 7.555 casos por 100 mil habitantes – uma cidade passa a ser considerada em epidemia a partir de 300 casos por 100 mil habitantes.

Após a reunião com o secretariado, o prefeito de Arapongas seguiu sua agenda de compromissos na capital do Estado, onde tem reuniões agendadas em várias secretarias. Sérgio Onofre também está encaminhando agenda para visita do governador Ratinho Júnior e do secretário de Desenvolvimento Urbano, João Ortega, a Arapongas, provavelmente em fevereiro, para inaugurações e a liberação de novos investimentos.

Deixe uma resposta