28/12/2020

No último fim de semana, foram registradas duas mortes por afogamento na região. Uma adolescente de 13 anos morreu após nadar no Rio Tibagi, em Jataizinho, e um jovem de 24 anos, que era goleiro profissional de futsal, perdeu a vida no Rio do Peixe, na região de Grandes Rios.

Além disso, um morador de Arapongas morreu após se afogar em Matinhos. Ele chegou ser atendido, mas não resistiu no hospital.

O Corpo de Bombeiros do Paraná tem atuado fortemente nas ações preventivas para evitar afogamentos e incidentes no mar e em rios, represas, lagos e açudes. “A flutuabilidade no rio é menor, então as pessoas também pensam que o rio é mais seguro, mas ele esconde muitos perigos como pedras e galhos onde podemos nos enroscar. Quando a água está descendo com bastante velocidade existe a presença de espuma que não permite que a gente flutue ou que possamos praticar a natação, então por mais que a pessoa saiba nadar ela não vai conseguir” ressaltam os Bombeiros. É importante não se banhar em locais ermos e sim onde há maior concentração de pessoas e atendimento de guarda-vidas, os quais ficam em locais específicos.

Deixe seu comentário