03/02/2021

Depois que o Portal 38 News divulgou matéria na segunda-feira (1º/02) e quinta-feira (28/01) com moradores reclamando da Prefeitura de Apucarana sobre a situação na Avenida Pinho Araucária e vias adjacentes reformadas com gasto de R$ 1.411.187,00 de recursos públicos, na terça-feira (02/02) a administração municipal mandou uma equipe fazer um pequeno recape em apenas um local que apresenta problemas.

Vale ressaltar que tal iniciativa também não está correta, porque quem deveria executar o serviço de reparo na pavimentação seria a empresa que venceu a licitação para fazer a obra e não a prefeitura, gastando mais dinheiro público para uma mesma finalidade. Por essas e outras situações e razões é que preciso mesmo verificar essa “Caixa Preta das Licitações” em Apucarana.

Foram encaminhadas fotos ao portal 38 News da Avenida Pinho Araucária e outras ruas próximas, ao longo de bairros como Jardim Cidade Alta, Jardim Itália e outros da zona norte da cidade, nas cercanias da Sociedade Rural Nílson Alves Ribeiro, mostrando problemas estruturais graves no local, como falta de meio-fio, galeria pluvial, entre outras coisas.

No início de 2020 (ano eleitoral), o prefeito de Apucarana, Júnior da Femac, fez grande alarde sobre reconstrução da Avenida Pinho Araucária e vias adjacentes. Na época, o prefeito de Apucarana lamentou a forma com que muitas obras foram feitas no passado. Mas após nem um ano de conclusão da reconstrução da Avenida Pinho Araucária, coordenada pelo próprio atual prefeito de Apucarana, pessoas que moram nas imediações reclamam diariamente que a situação na via pública e cercanias é péssima.

A recuperação da Avenida Pinho Araucária e ruas adjacentes teve investimento de R$ 1.411.187,00, verba essa oriunda do FGTS e que chegou via convênio com Ministério de Estado do Desenvolvimento Regional (MDR). E vale ressaltar que ainda há muita coisa a fazer naquele local de Apucarana.

Deixe seu comentário