Após pedido feito em 2015, mulher consegue consulta com neurologista na Saúde Pública de Apucarana só 5 anos depois

26/09/2020

Problemas registrados no sistema de Saúde Pública de Apucarana afetam a população do município nos últimos anos de forma que pode ser até classificada como cruel, razão pela qual tem sido motivo frequente de reclamações, por parte de pacientes que não têm condições financeiras para pagar tratamentos particulares.

E isso vem ocorrendo na cidade do atual secretário de Estado da Saúde, desde quando Beto Preto era prefeito da cidade, quando ele foi eleito e reeleito prefeito de Apucarana teve como uma das principais bandeiras de campanha para pedir votos a melhoria no sistema de Saúde Pública. Mas, na prática, não é isso que aconteceu, levando-se em conta as frequentes reclamações sobre a grande fila de espera e demora para receber atendimento de médicos especialistas na rede municipal de Saúde, e até atendimento odontológico.

São diversos os casos dessa natureza e mais recentemente uma mulher encaminhou fotos de guias de consultas e agendamentos mostrando que após ela ir a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) em 14 de dezembro de 2015 e o médico do local encaminhá-la para agendar consulta com neurologista, a consulta com o especialista só foi marcada para o dia 8 de setembro de 2020, como mostra a foto enviada ao portal do Canal 38 pela paciente via whatsapp. A demora de cinco anos para se marcar uma consulta com especialista é considerada absurda para quem precisa do atendimento médico urgente e muitas pessoas já procuraram o Ministério Público para denunciar a situação, pois o acesso à Saúde é um direito constitucional de todos os cidadãos brasileiros, sem a necessidade de, em tese, haver tráfico de influência.

“Moramos em Apucarana, pagamos nossos impostos aqui e temos direito constitucional de acesso à Saúde Pública, sem contar que o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, é médico e foi prefeito de Apucarana, mas infelizmente minha esposa sofreu muito pela demora, jogo de empurra, falta de atendimento médico com especialista e tratamento adequado”, disse recentemente homem cuja esposa necessitava de transplante de pulmão por ter fibrose cística.

1 COMENTÁRIO

  1. Não surprende o descaso da Saúde Pública de Apucarana com relação ao atendimento aos mais necessitados. Estejam certos que só conseguiu recentemente em virtude das eleições municipais de Novembro. Qto à nobre vereadora cabe perguntar se ela ou algum familiar ou amigo esperaria tanto tempo para serem atendidos.
    Qto ao Secretário da “saude”, ex prefeito com certeza não passa nem por perto de um Posto de Saúde. O Governo banca hospitais públicos de elite ou se serve de transporte aéreo para ser atendido no Sirio Libanês ou Alberto Einstein, em S.Paulo, por conta dos contribuintes!!! Fazer o que?!!

Deixe seu comentário