Nova ferramenta é destinada para as mulheres vítimas de violência com medida protetiva - Foto: Divulgação

05/04/2021

Nova ferramenta é destinada para as mulheres vítimas de violência com medida protetiva.

O aplicativo “GM 153 Arapongas” – para celulares android, integrado no Sistema de Ocorrência da Guarda Municipal de Arapongas (SISCCO), passa a contar com um atalho destinado ao “ Sistema para Monitoramento e respostas imediatas para as mulheres com Medida Protetiva”, ou seja, destinado às mulheres que sofrerem algum tipo de agressão. O novo recurso vem em substituição do chamado “ Botão do Pânico” – dispositivo de segurança preventiva utilizado pelas mulheres vítimas de violência doméstica ou familiar, detentoras de medida protetiva de urgência, após decisão judicial.

De acordo com o secretário de Segurança Pública e Trânsito, Paulo Argati, a nova aba dentro do app “GM 153 Arapongas”, gera maiores vantagens tanto no amplo atendimento às vítimas, como na economia do município. “ Com essa parte específica dentro do app GM 153 conseguimos abranger maior atendimento para as mulheres vítimas de violência – que contam com app instalado em seus aparelhos celulares, e devidamente cadastradas na interface. Com o acionamento dentro do app, já conseguimos identificar de pronto quem é a vítima e também o agressor, além da localização em tempo real da ocorrência. Enviando assim, de imediato, a viatura mais próxima. Além disso, pagávamos em média cerca de R$ 160 mil por ano para a utilização dos dispositivos botão do pânico – do Instituto Nacional de Tecnologia Preventiva (INTP). Ao todo, 30 botões estavam disponíveis. Agora com o app, reduzimos todo esse custo, levando em consideração que o aplicativo foi desenvolvido graças ao empenho do GM João Maicon de Marques, e pode ser baixado gratuitamente, e utilizado pelo maior número de vítimas que necessitarem dos serviços”, explica. O acionamento do disposto dentro do app para as mulheres vítimas de agressão já está disponível desde a última sexta-feira, 02.

O responsável pelo desenvolvimento do app, GM João Maicon Marques, gerente de Planejamento, enfatizou como serviço tem somado positivamente com a atuação da GMA. “ De maneira geral, com o novo sistema de ocorrência Web, o GM consegue através do celular realizar todos os procedimentos de forma fácil e rápida. O inspetor do dia consegue através do sistema acompanhar todo o desenrolar da ocorrência do dia com apenas seu celular, e dar mais suporte às equipes de Rua, que também desafogaram o trabalho – tanto a equipe de rua, quanto o operador do CCO, que antes tinha que digitar todas as informações trazidas no formulário de papel para o sistema. Agora, podemos incluir mais esse aporte, específico para as vítimas de violência”, esclarece. Ainda segundo Marques, a tendência é desenvolver outros recursos dentro da aba de suporte às mulheres, como por exemplo o de gravação de som ambiente. O app “GM 153” foi oficialmente lançado em setembro do ano passado.

COMO FUNCIONA?

No app “GM 153 Arapongas”, na parte “Medida Protetiva” a vítima vai encontrar as seguintes opções:

– URGÊNCIA CLIQUE AQUI: Assim que acionado pela vítima, dispara um alerta sonoro no Sistema da Guarda Municipal (SISCCO), mostrando a localização e todos os dados da vítima (que foram previamente cadastrados junto à Delegacia da Mulher e Patrulha Maria da Penha).

– FALE COM A GMA: Direciona para a realização de uma ligação do 153 – Telefone de Emergência da Guarda Municipal.

– TELEFONES ÚTEIS: Direciona para os telefones úteis da GMA.

– MEDIDA PROTETIVA: Direciona para fazer o download (em arquivo PDF) da Medida Protetiva da Vítima.

CADASTRO PARA UTILIZAR O APP

A GM e coordenadora da Patrulha Maria da Penha, Denice Amorim, explica que para a utilização dentro do aplicativo, as vítimas precisam ter o registro da chamada Medida Protetiva. “ Para a funcionalidade dentro do app, as mulheres vítimas de agressão devem ter a Medida Protetiva. As que não têm medida protetiva devem registrar a denúncia – junto à delegacia da Mulher e fazer solicitação da mesma”, explica.

Com a medida protetiva, a vítima entra em contato com Delegacia da Mulher para a formalização cadastral para o uso do app (que contará com dados pessoais da vítima e informações do agressor). Instala o app “ GM 153 Arapongas”, e com isso, já está apta para a utilização. Na própria Delegacia da Mulher, a vítima terá todo o auxílio e explicações sobre o dispositivo dentro do app. “ Temos até o momento 19 vítimas devidamente cadastradas, e que podem utilizar o disposto pelo celular a qualquer momento”.

COMO BAIXAR?

Para obter o aplicativo “GM 153 Arapongas” nos celulares Android, é necessário acessar a Play Store. Em seguida, no campo de pesquisa digite: GM 153 Arapongas. Aí é só instalar o app para o uso.

INFORMAÇÕES

Delegacia da Mulher – 3278-2209. GMA – 153 ou 0800-6459 – 060

Deixe seu comentário