21/01/2020

Investimento na ordem de R$ 380 mil faz parte de um conjunto de melhorias realizadas pela prefeitura visando absorver impacto de serviços públicos disponibilizados na região.

Dentro da programação comemorativa aos 76 anos de Apucarana, o prefeito Júnior da Femac autorizou nesta quarta-feira (21/01), em ato no gabinete municipal, abertura de licitação para as obras de alargamento da Avenida Santa Catarina, no Jardim Apucarana. A área, que entre outras melhorias vai receber alargamento de pista em três metros, compreende trecho entre a Rua Carlos Schmidt até a Rua Dom Pedro II, junto à lateral paralela ao Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir) e a linha férrea.

Segundo projeto da Secretaria Municipal de Obras, na remodelação da Avenida Santa Catarina serão executados 1,2 mil m² de asfalto novo e 2.345 m² de reperfilamento asfáltico, além de construção de 420 m² de calçadas, com 1,20 metro de largura. Com a obra, a via passará a ter 10 metros de largura. O investimento máximo previsto é de R$ 380 mil. Ao encaminhar o processo à Secretaria de Gestão Pública para dar andamento à licitação, o prefeito Júnior da Femac observou que principalmente a partir da chegada do Cisvir, o trânsito ficou bastante complicado devido ao estreitamento da via. “Com o alargamento, vamos dar mais segurança e fluidez ao tráfego”, disse Júnior.

Ele frisa que o investimento faz parte de um conjunto de melhorias promovidas pela gestão Beto Preto na região, como a construção de rotatória na Avenida Central do Paraná na intercessão com a Rua Dom Pedro II, um investimento de R$149.989,45 mil cuja ordem de serviço foi dada na semana passada. “Esta obra da Avenida Santa Catarina não foi pensada de forma aleatória, ela tem o porquê de existir e está dentro de um planejamento que visa dotar toda esta região em expansão de estrutura adequada para absorver o impacto de importantes equipamentos públicos atraídos recentemente, como a Praça CEU, a sede do Cisvir – que em breve vai ser ampliada com mais um bloco e investimento na ordem de R$3,5 milhões – , a construção do novo Fórum da Justiça do Trabalho – que está em andamento e que abrange 16 municípios – , e empreendimentos futuros”, detalhou o prefeito, salientando que na mesma área o município já cedeu terreno para a Emater e reservou outro para a Polícia Militar.

O morador Geraldo Nazareth Colombari comemorou o investimento. Ele conta que seu veículo foi danificado duas vezes devido o estado atual da via. “Há tempos estamos sofrendo com este problema. A rua é muito estreita e devido a chegada do Cisvir passou a ter muito trânsito, especialmente de ônibus. Já presenciei muitos acidentes, mas agora tudo vai mudar. O prefeito ouviu nosso pedido e está atendendo, com certeza vai melhorar muito”, disse o morador.

Com um comércio na avenida, o vereador José Airton “Deco” de Araújo foi porta-voz da população junto ao Executivo Municipal. “Estou na “Santa Catarina” há pouco mais de dois anos, mas conheço muitas pessoas que há mais tempo comentam da dificuldade de passar por este trecho estreito e que tudo ficou ainda pior com a chegada do Cisvir, contudo, hoje é um momento para agradecermos a administração municipal que, a partir do mandato do Beto Preto e do Júnior da Femac, passou a pensar a cidade com olhar de crescimento e de planejamento. Este alargamento é sem dúvidas uma melhoria necessária, que vai tornar o acesso muito mais fácil e diminuir o risco de acidentes”, pontuou Deco.

Com a autorização do prefeito Júnior da Femac, o projeto segue agora para a Secretaria Municipal de Gestão Pública para elaboração e publicação do edital de concorrência pública. A expectativa é de que dentro de 60 dias a empresa vencedora já esteja definida e possa receber a ordem de serviço para início da obra. Além de moradores, secretários e servidores municipais, o ato também contou com a presença dos vereadores Luciano Molina (presidente da Câmara), Lucas Leugi e Franciley “Poim” Godoi e do pastor Valdir Silvério dos Reis, da Comunidade Evangélica Nova Aliança, localizada no Jardim Apucarana.

Deixe seu comentário