22/09/2020

A mulher de 63 anos de Apucarana foi o primeiro óbito registrado no Paraná no período epidemiológico, segundo informe quinzenal da dengue divulgado nesta terça-feira (22) pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná.

O informe quinzenal da dengue divulgado nesta terça-feira (22) pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná contabiliza 578 casos no período epidemiológico, que começou a ser monitorado em 26 de julho. Foi confirmado o primeiro óbito do período, que ocorreu em Apucarana. Trata-se de uma mulher de 63 anos.

Foram registrados 205 novos casos da doença nos últimos quinze dias e 93 municípios apresentam casos confirmados de dengue – 13 a mais que o boletim anterior, que trazia 80 cidades com confirmações.

O Estado viveu a maior epidemia de dengue no período anterior, totalizando mais de 220 mil casos e 177 óbitos. O primeiro óbito confirmado do período está registrado no Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) e no SIM (Sistema de Informações de Mortalidade). Trata-se de uma mulher de 63 anos, portadora de cardiopatia e doença autoimune. O informe totaliza 3.468 notificações para a dengue em 229 municípios paranaenses. Para a Chikungunya, são 14 notificações e para a Zika, duas.

Os índices negativos e a ineficiência da saúde pública de Apucarana, deixam evidente o sofrimento de uma população, em especial dos menos favorecidos que são os mais dependentes da saúde pública.

Deixe seu comentário