Imagem: Divulgação

09/06/2022

A Secretaria Municipal de Saúde de Arapongas, por meio do Controle de Endemias, divulgou nesta quinta-feira, 09, os novos dados da situação da dengue no município. Segundo o Informe Epidemiológico; de 29/05 a 04/06, são 4.922 notificações; 2.254 casos confirmados – sendo 2.224 autóctones e 30 importados; 108 casos em investigação; 2.560 negativos e dois óbitos. Na semana anterior: 4.696 notificações; 2.131 casos confirmados; 68 em investigação; 2.497 negativos e dois óbitos.

Segundo o coordenador do Controle de Endemias, Valdecir Pardini, o município segue com as ações de combate e conscientização. “ As medidas são diariamente realizadas em toda a cidade. Nossas equipes realizam as visitas domiciliares, bloqueios, visitas em pontos estratégicos, além de palestras educativas, buscando levar maior consciência para a população sobre os riscos da doença, bem como práticas positivas que evitam a proliferação do mosquito”, salientou.

LEI – Ainda ontem, 08, Pardini esteve em reunião com o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre. Em pauta, foi discutido e reforçado as medidas da Lei nº 4.559 – de 18 de maio de 2017, que dispõe sobre a remoção de veículos abandonados em vias públicas e sanções aos respectivos proprietários. Tais veículos são potenciais criadouros para o mosquito Aedes Aegypti.

“ Tivemos uma conversa com o prefeito e vamos fazer valer as medidas que constam na lei municipal. Carros abandonados transformam-se em criadouros do mosquito, tendo em vista que, em algumas situações os veículos estão em péssimo estado de conservação; facilitando o acúmulo de água e, consequentemente a proliferação do mosquito”, salientou Pardini.

CONFIRA A LEI NA ÍNTEGRA: https://leismunicipais.com.br/a1/pr/a/arapongas/lei-ordinaria/2017/456/4559/lei-ordinaria-n-4559-2017-dispoe-sobre-a-remocao-de-veiculos-abandonados-em-logradouros-publicos-do-municipio-de-arapongas-estado-do-parana-sancoes-aos-seus-respectivos-proprietarios-e-da-outras-providencias?r=p

Imagem: Divulgação

Deixe seu comentário