30/05/2022

O Portal 38 News recebeu denúncias de irregularidades no sorteio de casas no Conjunto Residencial Fariz Gebrim construídas por programa federal em Apucarana. A lista oficial dos sorteados até a presente data ainda não foi publicada pelo município de Apucarana. Segundo a diretoria da Caixa Econômica Federal, o processo de sorteio foi realizado integralmente pela prefeitura.

Entre os contemplados, pelo menos uma assessora de superintendência da Secretária de Indústria e Comércio da Prefeitura de Apucarana, com salário de R$ 3.784,16 foi habilitada, e sorteada. Sendo que um dos critérios para participar do sorteio é as famílias com renda bruta de até R$ 1.800,00 mensal. Após a denúncia do Portal 38, rapidamente a casa sorteada para a assessora, já foi repassada para  a suplente. E a servidora excluiu todos perfis das redes sociais.

De acordo com a denunciante disse ao Portal 38 News, essa assessora é ligada a um vereador que está operando junto com seu pai em diversos setores, e seria ligada diretamente ao alto escalão da prefeitura, e participado no cadastros das famílias ligadas ao esquema, possivelmente com informações igual ao seu cadastrado irregular o que caracteriza crime. O vídeo do sorteio das casas na rede social da prefeitura por volta das 15 horas o nome da servidora foi homologado e por volta das 17 horas foi sorteado, e misteriosamente o nome dela depois da denúncia foi substituído, deixando evidente a falcatrua por parte da administração pública” denunciou.

Segundo a ativista Renata Borges, uma das mulheres trouxe um nome de uma ganhadora a qual no portal da transparência da prefeitura ela é de um cargo comissionado com um salário de R$ 3.784,16 o que foge do perfil do programa com famílias com renda bruta máxima de R$ 1.800,00. Ela está vinculada na Secretaria de Indústria e Comércio. Ela foi homologada, participou e foi sorteada, conforme live da prefeitura. Ainda de acordo com a ativista, existem diversas outras denúncias de irregularidades, como pessoas com renda superior, com bens imóveis, e caso de pessoas que já foram contempladas com casas populares. “Centenas de pessoas deveriam estar também no Grupo 1; eu já denunciei no Ministério Público Federal as irregularidades lembram o concurso da Guarda Municipal de Apucarana. Precisa ser dado um basta nessas corrupções, irregularidades, desmandos e abusos”, disse Renata Borges.

O Canal 38 já recebeu diversas denúncias de irregularidades, cobrou e estava aguardando a administração municipal publicar a lista oficial dos contemplados, pois existe somente uma planilha nas redes sociais, que está sendo modificada, por isso que não ocorreu a publicação, e já imaginamos o motivo.

Todos gostariam que fosse dada explicação das irregularidades denunciadas, saber como essa servidora foi habilitada com tantas irregularidades. É normal trocar o nome da servidora por outra pessoa no mesmo dia, ou imaginaram que a reportagem não iria perceber ???. E por último, segundo o prefeito, a Caixa iria realizar o sorteio, Veja vídeo:

Ao bem da verdade foram os cargos em comissão da prefeitura de Apucarana que realizaram todo procedimento de sorteio. E porque não ocorreu todo processo conforme portaria 163/2016, optada pelo município em 14/04/2021, que seria de forma eletrônica como tantas outras determinações que não ocorreram? Por isso a administração não se manifestou quanto as denúncias de irregularidades ?. Compare Aqui! a íntegra do Manual Minha Casa Minha Vida

Segundo a diretoria da Caixa Econômica Federal o processo do sorteio das casas Residencial Fariz Gebrim foi realizado integralmente pela prefeitura municipal, diferente do que disse o prefeito de Apucarana.

Com a palavra o prefeito Junior da Femac.

1 COMENTÁRIO

  1. É só escândalo nessa administração. A Renata Borges poderia verificar o porque a Secretária de Assistência Social autorizou licitação de fraldas para combater o covid, devem estar passando fraldas no chão com tanta água sanitária e fraldas adquiridas, da uma olhada nisso canal 38.

Deixe seu comentário