08/09/2021

Um dos pronunciamentos mais contundentes durante a manifestação foi feito pelo deputado delegado Jacovós, que criticou o valor de R$ 6 bilhões de reais para o fundo eleitoral aprovado pelo Congresso Nacional.

Em vários municípios do Brasil ocorreram manifestações populares a favor do presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira, 7 de Setembro, Dia da Declaração da Independência do Brasil de Portugal. Em Apucarana e Arapongas não foi diferente e mais dezenas de cidades do Paraná ocorreram atos populares.

A manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro em Apucarana começou às 15 horas, na Praça Rui Barbosa, na área central da cidade, e o foco principal do protesto foram os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que têm sido criticados ostensivamente pelo presidente Jair Bolsonaro. Os manifestantes portavam faixas de apoio ao presidente e também havia a presença de carros de som, caminhões e tratores. A manifestação teve uma presença significativa de público.

Algumas ruas do centro de Apucarana foram interditadas a partir das 11 horas para garantir a segurança dos manifestantes. Alguns deles fizeram pronunciamentos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e criticando os ministros do STF. Um dos pronunciamentos mais contundentes foi feito pelo deputado delegado Jacovós, que criticou o valor de R$ 6 bilhões de reais para o fundo eleitoral aprovado pelo Congresso Nacional e também a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que estariam “politizando” a Justiça. O advogado Armando Gracioli também foi contundente em seu pronunciamento. Também marcaram presença na manifestação o veterinário e o candidato a prefeito de Apucarana pelo partido Republicanos nas eleições de 2020, André Romagnoli, entre outras lideranças. O ato popular teve grande repercussão. O repórter Lucas Leal, do Canal 38, fez uma live do local da manifestação pela página do Portal 38 News.

Deixe seu comentário