28/06/2019

Prefeito Junior da Femac dá boas vindas aos novos profissionais que passam a atuar nas farmácias de rede pública de saúde municipal.

A Autarquia Municipal de Saúde acaba de ganhar um reforço no seu quadro de farmacêuticos. O número desses profissionais subiu de 10 para 16 no último mês, com atuação em diversas ações ligadas a dispensação de medicamentos à população.

Além da Farmácia Central Municipal, Laboratório Municipal e Vigilância Sanitária, que já contava com o trabalho destes profissionais, a convocação recente de mais seis farmacêuticos aprovados em concursos visa garantir esse atendimento especializado em Unidades Básicas de Saúde, sobretudo as que registram maior número de pacientes, e na Farmácia Municipal 24 horas, em frente ao UPA.

A prefeitura de Apucarana tem mantido nos últimos seis anos um ritmo crescente na oferta de medicamentos pela na rede pública de saúde. Levantamento da Farmácia Central da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) mostra um aumento médio de 12% a cada ano.

 “A assistência farmacêutica é necessária no município. O farmacêutico deve promover as condições para que o paciente faça uso do medicamento da melhor maneira possível. Garantir a presença de um profissional especializado para orientar, em caso de necessidade, o paciente é um diferencial na saúde pública”, afirma Viviane Ferreira Cardozo, que está entre os 4 farmacêuticos que prestam atendimento na Farmácia 24 horas.

Com a realização de três concursos, em 2014, 2017 e 2018, a atual gestão vem promovendo um grande reforço na equipe de profissionais da AMS. Neste período já foram convocados mais de 100 aprovados entre médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, atendente de consultório dentário, atendente de farmácia, guardas de endemias, farmacêuticos e agentes comunitários de saúde.

Em abril também ocorreu grande reforço no quadro de profissionais da Autarquia Municipal de Saúde. Aprovados no concurso de 2017, 10 enfermeiros, 10 técnicos de enfermagem e 3 dentistas assumiram o cargo atuando em Unidades Básicas de Saúde e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

 

Deixe uma resposta