17/04/2020

Isso se deve ao fato de o proprietário de um estabelecimento do município ter ingressado com medida judicial e obtido decisão favorável na Justiça de Arapongas. Em Apucarana os bares seguem fechados, os comerciantes realizaram manifestação, mas sequer foram atendidos pelo prefeito Junior da Femac  e prometem entrar na Justiça.

A Prefeitura Municipal de Arapongas informa que a partir de quinta-feira (16) está permitido o funcionamento de restaurantes, lanchonetes, bares e conveniências em horário normal. Isso se deve ao fato de o proprietário de um estabelecimento do município ter ingressado com medida judicial e obtido decisão favorável, inclusive com base em decreto federal, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Carlos Cezar Luz, de 38 anos, dono do Bar Brasil, situado na Avenida Arapongas, nº 1642, relatou em entrevista ao Portal de Notícias do Canal 38, na manhã desta sexta-feira (17), que está abrindo o bar desde ontem (16), após decisão judicial embasada em decreto presidencial. “Estamos atendendo normalmente, conforme regras estabelecidas legalmente, como mesas distanciadas e sem aglomeração. Mas por enquanto o movimento caiu de 70% a 80, mas estamos esperançosos que essa situação vai passar gradativamente e o movimento vai melhorar”, disse Carlos.

Em relação a esses estabelecimentos, o último decreto municipal (Nº 208/20, de 10 de abril de 2020) estabelecia que os atendimentos fossem realizados de segunda a sexta-feira, no máximo até às 20h. Permanecerão em vigor obrigatoriamente as práticas e ações preventivas de combate à disseminação do coronavírus (Covid-19), já estabelecidas em decreto anterior (Nº 190/20 de 31 de março de 2020). São elas:

• lotação de 30% (trinta por cento) da no alvará de capacidade do local definida funcionamento;

II reduzir número de mesas manter distanciamento mínimo de 3 (três) metros entre cada mesa; suspender a utilização do sistema de buffet (self service), adotando práticas de servir aos clientes sem estes terem acesso aos utensílios de

III – uso coletivo e filas;

IV – fornecer máscaras e álcool em gel ou álcool 70%
(setenta por cento) para todos os funcionários;
determinar o uso pelos funcionários de tocas
e máscaras no manuscio de alimentos e utensílios;

VI- fornecer álcool em gel ou álcool 70%
(setenta por cento) para todos os usuários na
entrada e caixas;

VII- higienizar copos, pratos e talheres da
maneira correta, inclusive com a utilização de
álcool 70% (setenta por cento), dando preferência
ao uso de itens descartáveis;
VIII-
os empregados que manipularem itens
sujos, como restos de alimentos sempre deverão
fazer uso de luvas;
IX –
dispor de detergentes e papel toalha nas
pias;
higienizar os sanitários constantemente e
dispor de sabonete líquido, papel toalha e lixeiras;
higienizar corrimões, mesas, cadeiras, bem

XI – como locais de uso comum;
preferencialmente trabalhar com entregas a
domicílio (delivery) e retirada no balcão (drive
thru);

XII – obrigatoriamente devem adotar monitoramento diário de sinais e sintomas dos
colaboradores/empregados.

Feira da Lua – A nova determinação permite também a retomada imediata da Feira da Lua, realizada todas as quintas-feiras, no Pátio do Ginásio de Esportes Luiz A. Zin.

Feiras Livres – De acordo com a Prefeitura de Arapongas, as demais Feiras Livres, realizadas nos bairros e centro da cidade, também deverão ser retomadas no decorrer dos próximos dias. Tal decreto em específico deve ser publicado ainda nesta semana.

Comerciantes dos setores de bares e academias prometem entrar na Justiça para que possam voltar a trabalhar em Apucarana.

Deixe seu comentário