04/09/2020

O Paraná acumula 138.293 casos e 3.467 mortes em decorrência da doença. Há 1.024 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19 e outros 1.240 aguardam resultados de exames.

A Secretaria de Estado da Saúde confirma nesta sexta-feira (4) 1.902 novos casos e 56 óbitos pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná acumula 138.293 casos e 3.467 mortes em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS – São 1.024 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19: 874 em leitos SUS (390 em UTI e 484 em leitos clínicos/enfermaria) e 150 pacientes em leitos da rede particular (48 em UTI e 102 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.240 pacientes internados, 495 em leitos UTI e 745 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 50 pacientes. Todos estavam internados. São 19 mulheres e 37 homens com idades que variam de 31 a 100 anos. Os óbitos ocorreram 2 de agosto a 4 de setembro.

Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (13), Londrina (8), Rolândia (5), São José dos Pinhais (4), Colombo (3), Maringá (3), Almirante Tamandaré (2). A Sesa divulga também um óbito por Covid-19 em cada um dos seguintes municípios: Apucarana, Araucária, Assaí, Cambé, Cascavel, Enéas Marques, Guaraci, Ibaiti, Ivatuba, Jaguapita, Loanda, Paranaguá, Pato Branco, Ponta Grossa, Rio Branco do Sul, São João, Tamarana e Toledo.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da secretaria estadual registra 1.487 casos de pessoas que não moram no Estado. Destas, 38 foram a óbito.

AJUSTES:

Um caso confirmado no dia 04/07 em Cambará foi transferido para Curitiba.

Um caso confirmado no dia 14/07 em Cambará foi transferido para Curitiba.

Um caso confirmado no dia 17/06 em Sorocaba (SP) foi transferido para Cambará.

Um caso confirmado no dia 13/06 em Sorocaba (SP) foi transferido para Cambará.

Um caso confirmado no dia 31/07 em Ourinhos (SP) foi transferido para Cambará.

Um caso confirmado no dia 01/08 em São Paulo (SP) foi transferido para Cambará.

Um caso confirmado no dia 01/08 em Guarulhos (SP) foi transferido para Cambará.

Um caso confirmado no dia 08/08 em São Vicente (SP) foi transferido para Cambará.

Um caso confirmado no dia 14/07 em Curitiba foi transferido para Conselheiro Mairink.

Um caso confirmado no dia 01/08 em São José dos Pinhais foi transferido para Figueira.

Um caso confirmado no dia 25/07 em Colombo foi transferido para Figueira.

Um caso confirmado no dia 07/08 em Curitiba foi transferido para Tomazina.

Um caso confirmado no dia 05/07 em Figueira foi transferido para Curitiba.

Um caso confirmado no dia 11/07 em Figueira foi transferido para Londrina.

Um caso confirmado no dia 26/07 em Figueira foi transferido para Telêmaco Borba.

Um caso confirmado no dia 29/06 em Wenceslau Braz foi transferido para Japira.

Um caso confirmado no dia 22/07 em Wenceslau Braz foi transferido para Siqueira Campos.

Um caso confirmado no dia 15/08 em Wenceslau Braz foi transferido para Curitiba.

Um caso confirmado no dia 09/08 em Londrina foi transferido para Cambé.

Um caso confirmado no dia 01/09 em Reserva foi transferido para Curitiba.

Um óbito confirmado no dia 27/08 em Astorga foi transferido para Curitiba.

Exclusões

Um caso confirmado no dia 02/09 em Maringá foi excluído por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 02/09 em Curitiba foi excluído por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 03/09 em Kaloré foi excluído por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 26/06 em Carlópolis foi excluído por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 29/06 em Santana do Itararé foi excluído por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 07/08 em Cascavel foi excluído por duplicidade de notificação.

Confira o informe completo.

Deixe seu comentário