01/10/2021

Mesmo após o registro de ventos de 98 km/h e queda de tendas que foram montadas no aeroporto de Maringá, o presidente Jair Bolsonaro visita à cidade para inaugurar a obra de ampliação do terminal aeroportuário e de uma hidrelétrica.

O avião com a comitiva presidencial pousou às 15h10. A pista do aeroporto regional Silvio Name passa a ter 2.380 metros, sendo a segunda maior pista de pousos e decolagens do Paraná. A primeira, é do aeroporto Afonso Pena.

A ampliação e a modernização no aeroporto ocorreu após a aplicação de R$ 81,5 milhões de recursos do governo federal, oriundos do Ministério da Infraestrutura, e com contrapartida da prefeitura.

De acordo com a prefeitura, essas obras começaram em 2019 e, além da ampliação da pista e do pátio, também foram implementados instrumentos que ajudam a navegação aérea como o ALS e o ILS.

O aeroporto também receberá melhorias na torre de controle. Um termo de compromisso foi assinado e o projeto de ampliação do terminal de passageiros é desenvolvido para instalação de pontes móveis para embarque e desembarque e ampliação do local de 3,2 mil metros quadrados para 8 mil metros quadrados.

Com isso, o aeroporto poderá receber aeronaves de grande porte e um volume maior de voos de carga. A previsão é que o terminal receba 3 milhões de passageiros por ano.

Mil dias de governo
A visita do presidente Bolsonaro a Maringá faz parte das comemorações de mil dias do governo. A previsão é que ele passe por cidades do país inaugurando e entregando obras nos próximos dias.

Além do presidente, estarão na comitiva os ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, Infraestrutura, Tarcício Gomes de Freitas, e o governador Ratinho Júnior e também o prefeito Ulisses Maia.

Deixe seu comentário