15/07/2020

O evento, que será realizado na próxima terça-feira, é a 1ª ação para divulgação do Projeto “Cidadão Fiscal”.

O Controle Interno e Portal da Transparência da Câmara Municipal de Apucarana, com apoio da Faculdade de Apucarana – FAP, realizam na próxima terça-feira (21/07), a partir das 19 horas, o I “Fórum de Transparência Pública: Como o cidadão pode fiscalizar o Poder Público”?

As inscrições para o evento já estão abertas, seguindo o protocolo FAP. “É a primeira ação para divulgar o nosso Projeto que concorrerá, em agosto, ao Prêmio Nacional de Educação Fiscal”, explicou o Controlador Jurídico da Casa de Leis, Dr. Fábio Yoshida.

Ele pontua que o Fórum, que contará também, com a presença do Dr. Danylo Acioli, Procurador Jurídico da Câmara Municipal de Apucarana, Jéssica Angotti, Tesoureira, Jociele Popovitz e Leila Hirakuri, Contadoras, Jéssica Dubas, Controle Interno e Portal da Transparência, será totalmente on-line. “Inicialmente faremos uma breve exposição e posteriormente abriremos um debate com todos os participantes. Nosso objetivo é ensinar sobre educação fiscal e transparência, despertando o interesse sobre o tema, detalhou o Controlador Jurídico.

A responsável pelo Portal da Transparência da Câmara Municipal de Apucarana, Jéssica Dubas explicou que, além do Fórum, outras parcerias e ações estão sendo estudadas e discutidas para serem realizadas.

PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL

A Câmara de Apucarana concorrerá, em agosto, ao Prêmio Nacional de Educação Fiscal com o projeto “Cidadão Fiscal: Um convite à cidadania com o estudo da origem e destino dos recursos do poder legislativo, vistos num ambiente transparente”.

Em sua 9ª edição, o Prêmio foi criado para valorizar as melhores práticas que atuam sobre a importância social dos tributos e a correta aplicação em benefício da sociedade.

A Câmara Municipal de Apucarana, com apoio da Controladoria Interna da Casa, Portal da Transparência e servidores, de forma administrativa e apartidária, idealizou o projeto, autorizado pela Resolução 02/2020 a participar do Prêmio Nacional de Educação Fiscal do ano de 2020.

“Estamos em negociação com algumas instituições que já sinalizaram apoio ao nosso projeto como o CRC – Conselho Regional de Contabilidade, Núcleo Regional de Educação, Faculdade de Apucarana (FAP) e Faculdade do Norte Novo de Apucarana (Facnopar), Ministério Público, Observatório Social de Apucarana, Lions Clube Vitória Régia, Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (ACIA) e Instituições de Ensino da nossa cidade. Mas, ainda estamos em busca de parcerias, de órgãos e entidades que nos ajudem, que colaborem, que divulguem, sem ônus para a Câmara Municipal”, reforçou Dr. Fábio.

Jéssica Dubas, lembrou que a meta é alcançar o maior número de pessoas possíveis (adolescentes, jovens e adultos), a fim de levar conhecimento sobre captação, gastos e fiscalização dos recursos públicos.

Desde a primeira edição do Prêmio, em 2012, organizado pela Federação Brasileira das Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), mais de mil projetos já foram inscritos em todo o país. A premiação contempla trabalhos nas áreas de educação, tecnologia e jornalismo.

Apesar do momento de isolamento social e sem aulas presenciais, muitas escolas adotaram o ensino a distância e, portanto, a premiação mantém a agenda como nas edições anteriores e contempla escolas (públicas e privadas), além de instituições (universidades, organizações não governamentais, prefeituras, secretarias municipais e estaduais, demais instituições (públicas ou privadas) e imprensa. A Câmara Municipal de Apucarana participa pela 1ª vez do prêmio.

A solenidade de premiação está prevista para o dia 26 de novembro em Belo Horizonte (MG).

Jornalista Simone Penharbel – Assessoria de Imprensa / Câmara Municipal de Apucarana

Deixe seu comentário