09/09/2021

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) ainda monitora, nesta quinta-feira, 9, três pontos de bloqueio feitos por caminhoneiros em estradas da região de Maringá. Os manifestantes estão bloqueando parcialmente alguns trechos de rodovias desde esta quarta-feira, 8, e impedindo que outros veículos de carga passem pelos locais.

Em Itambé, na PR-546, os caminhoneiros só permitem a passagem de carros de veículos leves e de urgência e emergência. Os caminhões estão sendo parados. Em Colorado, na PR-463, a paralisação é parcial. Os caminhões são retidos e aguardam no pátio de um posto de combustível. Em Goioerê, na PR-180, a paralisação é no modelo siga e pare. Veículos leves não são parados.

Nas três manifestações, não há previsão de encerramento. O levantamento da PRE foi feito às 6h30 desta quinta.

Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, há previsão de mais dois bloqueios em estradas estaduais: na PR-323 em Cruzeiro do Oeste e na PR-218, em Astorga.

Em Cruzeiro do Oeste, os manifestantes informaram que só iriam deixar passar ambulâncias e veículos de serviços de emergência. Em Astorga, a previsão é que os veículos leves consigam passar normalmente.

Até a tarde desta quarta, dois pontos em rodovias federais na região de Maringá estavam bloqueados. Ambos eram na BR-376: o primeiro em Marialva, perto do Posto Amigão; e o segundo em Paranavaí, perto do Posto Mercedes. Contudo, por volta das 21h, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que todos os pontos de bloqueio haviam terminado.

Na manhã desta quinta, a PRF confirmou que nas estradas federais da região de Maringá não há nenhuma manifestação de caminhoneiros.

Deixe seu comentário