23/03/2020

O caso de uma mulher que trabalha no setor de transporte da Saúde Pública de Apucarana, com contato direto com o público, e que estaria apresentando possíveis sintomas do Coronavírus e mesmo assim não foi submetida a exames para apurar se ela realmente é portadora da Covid-19 está preocupando o vereador Rodolfo Mota em relação à possibilidade de contágio de outras pessoas.

Segundo informações, a servidora pública ainda não está muito debilitada, sequer foi coletado material para exame. Conforme familiares da mulher, só será coletado o material para exame se o quadro clínico dela se agravar e precisar de internamento.

A mulher está isolada em casa já há uma semana e usando máscara. Também foi lhe repassado o medicamento Tamiflu para tomar durante cinco dias e por enquanto a Saúde Pública de Apucarana está tratando o caso como uma simples gripe, de acordo com informações.

Em Apucarana há três casos investigados de pacientes que poderiam estar com a Covid-19, mas com o procedimento que vem sendo adotado, como no caso da servidora pública em questão, o número de casos confirmados do novo Coronavírus no município pode ser muito superior ao do informado pelas autoridades da área de Saúde Pública, conforme informações.

Segundo o vereador Rodolfo Mota, o caso requer muita atenção por parte das autoridades da área de Saúde Pública.

Veja mais na programação jornalística do Canal 38

Deixe uma resposta