Foto: Reprodução/arquivo familiar

22/06/2022

Três menores acabaram apreendidos pela Polícia Militar (PM) e levados à 17ª Subdivisão Policial (SDP)

O Colégio Cívico Militar Padre José Canale, situado na Jose Canale, na esquina da Rua Emiliano Perneta com a Rua Paranaguá, no Jardim Ponta Grossa, em Apucarana, decidiu suspender as aulas nesta quarta-feira (22), após a morte do estudante Alekson Ricardo Kongenski, 13 anos, que teve parada cardiorrespiratória depois de ser agredido por um grupo de adolescentes no início da noite de terça-feira (21).

Três menores acabaram apreendidos pela Polícia Militar (PM) e levados à 17ª Subdivisão Policial (SDP), mas negaram que teriam participado da pancadaria. O adolescente de 15 anos que mais agrediu Alekson conseguiu fugir e está sendo procurado pela Polícia de Apucarana.

As agressões ocorreram nas imediações do colégio cívico-militar. Segundo a PM, a vítima fatal e alguns dos agressores seriam alunos do colégio.

Socorristas do Sistema Integrado de Atendimento a Trauma e Emergência (Siate) do Corpo de Bombeiros e o pessoal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), além de profissionais do posto de saúde do Jardim Ponta Grossa tentaram reanimar Alekson por cerca de 50 minutos. Ele chegou a ser levado em estado grave ao Hospital da Providência, mas não resistiu às lesões e faleceu. O motivo das agressões ainda é apurado pela Polícia Civil.

Foto: Reprodução/arquivo familiar

 

Deixe seu comentário