29/09/2020

Eduardo Mariano da Silva de 26 anos e Dionatan William Pinheiro de 20 anos, foram presos por suspeita de tráfico de drogas, na noite desta segunda-feira (28), no Núcleo Michel Soni (Recanto do Lago), em Apucarana.

Após receber várias denúncias dando conta que estaria ocorrendo tráfico de drogas em um imóvel na Rua Periquito, no Núcleo Michel Soni (Recanto do Lago), em Apucarana, policiais militares foram até o local, por volta das 20h30 de segunda-feira (28) e prenderam dois suspeitos de comercializar entorpecentes (de 20 anos e 26 anos), além de apreenderem 51 pedras de crack, 6 eppendorfs de cocaína, duas porções de maconha e R$ 465,80 em dinheiro trocado, e também material usado para embalar tóxicos para a traficância.

De acordo com a PM, os dois presos ainda tentaram se desfazer das drogas jogando-as em vaso sanitário no banheiro para tentar dar descarga, mas não conseguiram. Como as denúncias também davam conta que os suspeitos de tráfico enterravam entorpecentes para não serem pegos de surpresa pela Polícia, a equipe do Canil do 10º BPM foi acionada e um cão de faro auxiliou a encontrar crack em uma baia para cavalos que há nos fundos da propriedade. A convivente de um dos detidos também esteve no local. Ela informou que é usuária de maconha e apenas acompanhou os procedimentos da PM.

Os dois presos, Eduardo Mariano da Silva de 26 anos e Dionatan William Pinheiro de 20 anos, as drogas, o dinheiro e demais materiais apreendidos foram encaminhados à 17ª Subdivisão Policial (SDP) para os procedimentos legais. O Código Penal Brasileiro estabelece penas variando de cinco a 15 anos de prisão para os condenados por tráfico de drogas.

Deixe seu comentário