17/09/2020

Após a prisão de Paulo Henrique Matoso, 19 anos, por policiais militares de Califórnia na noite de terça-feira (15), em cumprimento a mandado de prisão pelo crime homicídio praticado na cidade de Sertanópolis, a PM deu sequência nas diligências e apreendeu grande quantidade de drogas, munição, dinheiro e balança de precisão, conforme relatório do 10º BPM divulgado nesta quinta-feira (17).

A ação dos policiais militares teve apoio do Canil e ocorreu na moradia de Paulo, uma casa de fundos na Rua Marcílio Ravaneda, no Bairro Beira-Rio, usada como ponto de tráfico de entorpecentes (biqueira, na linguagem do mundo do crime). Um adolescente de 17 anos, comparsa do preso com mandado de prisão por assassinato, foi apreendido na operação, conforme o sargento Francis.

A PM recebeu denúncia informando sobre um possível ponto de tráfico de substâncias entorpecentes, onde o denunciante relatou que na Rua Marcílio Ravaneda, no bairro Beira Rio, seria a residência do foragido da Justiça que acabou detido e o mesmo seria responsável pela venda e guarda de tóxicos, sendo que um adolescente de 17 anos era parceiro de Paulo Henrique Matoso nas atividades criminosas. Diante dos fatos denunciados, a PM foi até o endereço citado, onde foi recebida pelo proprietário do imóvel, o qual informou que havia alugado uma moradia nos fundos da sua residência para Paulo Henrique e que teve conhecimento que o mesmo havia sido preso e que o adolescente havia lhe entregado a chave da casa alugada.

Diante ao exposto, o dono do imóvel autorizou a busca na propriedade. Na parte externa da residência, próximo ao forro, foi encontrada uma embalagem de cor azul contendo 4 estojos de munições calibre 9 mm deflagradas e 1 estojo também de calibre 9 mm intacto. Já sobre o telhado foi encontrada uma balança de precisão SF400, uma faca com resquícios de maconha. Já na parede externa, dentro de um tijolo, os PMs acharam 13 porções de crack, e debaixo do sofá várias embalagens plásticas utilizadas para fracionar os entorpecentes. Em continuidade com as diligências foi encontrado em via pública o adolescente comparsa do homicida e traficante preso, o qual foi interpelado sobre os entorpecentes que estariam escondidos e ele revelou que mais tóxicos estavam enterrados em uma área rural limítrofe com o bairro Beira Rio, sendo tal ponto atrás da casa de Paulo Henrique Matoso.

O menor entregou a carteira de Paulo à PM, na qual estavam a identidade (RG), Título Eleitoral e CPF, bem como a quantia de R$ 86,05. No local indicado pelo adolescente foram encontrados enterrado em 3 pontos distintos 126 embalagens contendo maconha, totalizando 412 gramas do tóxico, uma embalagem contendo cocaína pesando 5 gramas e uma outra embalagem com cocaína totalizando 125 gramas. Foi dada voz de apreensão ao adolescente, sendo acionado o Conselho Tutelar para acompanhar o mesmo, tendo em vista que seus pais não residem no município de Califórnia. O menor, as munições, balança de precisão e demais itens apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Marilândia do Sul (sede da Comarca) para as providências legais.

Deixe seu comentário