12/11/2019

“Sabemos da experiência de sucesso de Apucarana e viemos buscar informações.

Esse é o modelo economia solidária que temos interesse e vamos copiar”, afirma secretária do Trabalho de Ibiporã

Uma comitiva da prefeitura de Ibiporã veio conhecer hoje (12) o Projeto de Economia Solidária e Protagonismo Feminino de Apucarana. A secretária municipal do Trabalho e da Economia Solidária daquele município, Maria Romana Moretto Bianco, e sua equipe, percorreram os 12 pontos de comercialização da rede de economia solidária existentes em nossa cidade.

“Temos um centro de capacitação profissional e estamos no processo de organização do programa de economia solidária no município em Ibiporã. Sabemos da experiência de sucesso de Apucarana e viemos buscar informações. Esse é o modelo economia solidária que temos interesse e vamos copiar”, afirmou Maria Bianco que pretende manter um canal de comunicação com os responsáveis pelo projeto em Apucarana visando obter as orientações necessárias para o desenvolvimento do projeto na sua cidade.

A secretária da Mulher e Assuntos da Família de Apucarana, Denise Canesin, diz se sentir realizada enquanto gestora de uma equipe que consolidou o Projeto de Economia Solidária e Protagonismo Feminino de forma eficaz e que tem servido de experiência positiva para muitos municípios. “Hoje foi a vez de Ibiporã vir buscar informações e formas de trabalhar dentro da legalidade para que o projeto deles possa formar empreendimentos na mesma linha de trabalho de Apucarana”, observou Denise.

“O respeito que o projeto adquiriu das empresas, instituições de ensino, comércio e de todos os parceiros, tem sido primordial para que a rede de mulheres solidárias tenha dado tantos frutos positivos”, complementou a secretária.

Em cinco anos de existência, o Projeto Economia Solidária já capacitou 886 pessoas. Os empreendimentos econômico-solidários abrangem áreas como artesanato, confecção, beleza e estética, gastronomia, plantas medicinais e ornamentais, e ainda produção orgânica de hortifrutis. Os conceitos-chave da Economia Solidária são autogestão, cooperação, solidariedade, sustentabilidade e viabilidade econômica. Atualmente, os produtos dispõem de 12 espaços de comercialização na cidade.

Compartilhe:

Sobre o Autor

**** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal do Canal 38 pelo Whatsapp: (43) 9 8447-1929 ****

Deixe Um Comentário