09/06/2021

O Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana informou nesta quarta-feira (9) que deu entrada no órgão, no final da tarde de terça-feira (9), o corpo de Claudemir Aparecido de Barros, de 33 anos.

O homem morreu eletrocutado em propriedade na zona rural de Mauá da Serra, à margem da BR-376, quando trabalhava junto com um irmão.

Segundo informações, Claudemir estava manuseando um maquinário (picador de madeira) e ao levantar a plataforma de esteira, não percebeu a rede de alta tensão. A esteira encostou em um fio de alta tensão e o homem que operava o maquinário morreu eletrocutado. Após o exame de necropsia no IML de Apucarana o corpo foi trasladado para a cidade de Lupionópolis, onde reside a família de Claudemir.

 

Deixe seu comentário