04/07/2021

A Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa) informou sobre o falecimentos no sábado (3) do comerciante Francisco Carlos Pereira, o “Chico”, de 50 anos, e sua mãe, Sebastiana Frangil Pereira, a “Dona Eni” de 81 anos.

Ambos tiveram a vida ceifada em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, conforme informações. A família é pioneira em Apucarana e residia na região do distrito da Caixa de São Pedro. Ainda de acordo com informações, os parentes acompanhavam o sepultamento de “Dona Eni” no Cemitério da Caixa de São Pedro, quando receberam a informação sobre a morte do comerciante Francisco Carlos Pereira.

Dona Eni estava internada desde segunda-feira (28/5). Ela deixa sete filhos, netos e bisnetos. Francisco Carlos Pereira era proprietário do ‘Restaurante do Chico’. Segundo informações, ele teria sido contaminado pelo SARS Cov2 (novo Coronavírus) há cerca de duas semanas e postou nas redes sociais que o restaurante permaneceria fechado a partir do dia 25 de junho porque ele estava com a Covid-19. Chico planejava reabrir o estabelecimento no dia 2 de julho.

Ele fazia tratamento em sua residência, mas na noite de sexta-feira (2) seu quadro de saúde se agravou e ele precisou ser internado no Hospital da Providência, mas não resistiu e morreu no final da tarde de sábado (3). Francisco deixa esposa, filhas e um neto. Segundo a Aserfa, o corpo do comerciante não vai ser velado e o sepultamento está previsto para às 13 horas deste domingo (04), no cemitério do distrito de Caixa de São Pedro. Parentes e amigos ficaram muito consternados e lamentaram a morte de mãe e filho no mesmo dia. Familiares e amigos vão fazer uma homenagem ao comerciante Chico, das 12h30/12h40 deste domingo (4), em frente ao restaurante dele, na entrada do distrito do Pirapó.

A direção e funcionários do Canal 38 manifestam profundo pesar pelos falecimentos da pioneira Sebastiana Frangil Pereira e seu filho Francisco Carlos Pereira.

Deixe seu comentário