18/10/2020

Um suposto e possível caso de abandono de incapaz é apurado pelo Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente e pela Polícia Civil de Apucarana depois que um menino de apenas 6 anos foi encontrado por uma pessoa, às 05h16min deste domingo (18), perambulando pela Rua Emiliano Perneta, no Jardim Ponta Grossa, na zona norte da cidade.

De acordo com boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), a pessoa que encontrou a criança na rua em horário impróprio a levou de carro inicialmente até o plantão da 17ª SDP, onde um investigador acionou uma Conselheira Tutelar. Esta por sua vez pediu apoio à PM para retornar com o menino até a casa dos pais do mesmo, depois que ele contou que o casal teria saído e o deixado na residência sozinho. Por essa razão, a criança disse que saiu de casa para supostamente procurar os pais.

Quando Conselheira Tutelar e PMs chegaram à residência onde mora a família do garotinho, os pais do mesmo – uma mulher de 31 anos e um homem de 37 anos – estavam na casa e afirmaram que não teriam saído do local durante a noite e a madrugada e que o menino provavelmente fugiu enquanto ambos estavam no quarto dormindo.

Mesmo assim, em razão do relato do garoto à Conselheira Tutelar, a qual conversou com a criança e a mesma disse a ela que os pais a teriam deixado sozinha na residência durante a madrugada, os responsáveis pelo menino de 6 anos foram conduzidos pela PM à 17ª SDP para os procedimentos de Polícia Judiciária. Já a criança ficou sob os cuidados da referida Conselheira Tutelar no local da ocorrência, segundo boletim registrado pela PM.

Deixe seu comentário