15/03/2022

Problemas são constatados em calçadas, banheiros e diversas ruas da cidade. Cadeirantes afirmam que se sentem restritos do direito de ir e vir.

Um cadeirante morador em Apucarana aponta problemas de mobilidade urbana e pede por uma rampa na faixa de pedestre da Rua Dr Osvaldo Cruz e solicita ainda que o prefeito dê uma olhada no local.

Uma das situações mais complicadas para cadeirantes, por exemplo, é o tráfego em calçadas em péssimas condições e com obstáculos.

Eles enfrentam, diariamente, problemas em ruas e calçadas, nos ônibus de transporte coletivo, em banheiros públicos, rodoviárias e vários locais da cidade.

O cadeirante também reclama da pouca quantidade de rampas em Apucarana. “As rampas já são poucas, não são todas as esquinas que têm e nas que têm geralmente estão com problemas”, ressalta .

Ele acrescenta que perto do Terminal Urbano está toda quebrada, “Tudo isso aí não sou só eu que estou falando; tem mãe que precisa passar com seu filho e não dá e eu tenho que dar a volta lá em cima para poder passar e o prefeito podia dar uma olhada aqui também”, acrescenta o cadeirante apucaranense.

Clique aqui e se inscreva em nosso canal no YouTube.

 

Deixe seu comentário