13/01/2020

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), Marcus Felipe da Rocha, concedeu entrevista ao programa Patrulha da Cidade do Canal 38 sobre o caso da prisão de um motorista embriagado que atropelou um casal e provocou a morte de um rapaz de 26 anos, em via pública do Residencial Sumatra, em Apucarana, no final de semana.

Vanderlei Gabriel de Oliveira, de 50 anos, foi autuado em flagrante homicídio culposo (quando não há intenção) e lesão corporal culposa, com agravamento de pena pelo fato de o motorista estar embriagado no momento do atropelamento e ter tentado se evadir do local.

“Como o motorista também sofreu alguns ferimentos, após o acidente ele foi levado até a Unidade de Pronto Atendimento, Upa, e a equipe médica concedeu um atestado, apontando que ele realmente estava embriagado. Além do homicídio culposo, ele vai responder também por lesão corporal culposa, com agravo de pena pelo fato de estar embriagado. Não foi arbitrado fiança, ele segue preso e se encontra a disposição da justiça,” afirmou o delegado Marcus Felipe da Rocha.

Vanderlei Gabriel de Oliveira dirigia um veículo um GM/Kadett. O acidente aconteceu na noite de sábado (11), na Rua Magno Cavalcanti. O condutor do carro quase foi linchado por populares.

Veja o vídeo da entrevista do delegado

Deixe uma resposta