Polícia Civil apreendeu 26 kg de maconha e 4 frascos de lança-perfume em uma chácara na estrada para Rio Bom e prendeu rapaz de 26 anos em flagrante - Foto: Divulgação

07/12/2020

Rapaz de 26 anos foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes e dependendo do resultado de interrogatórios e investigações, o pai dele também poderá ser autuado.

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, concedeu entrevista nesta segunda-feira (7) durante a qual falou sobre a apreensão de 26 quilos de maconha que estavam escondidos em uma chácara na região da estrada de acesso à cidade de Rio Bom e 100 pontos da droga sintética LSD, apreendidos em uma residência no Núcleo João Paulo. Segundo informações, o LSD estava em uma casa onde os policiais encontraram o pai de Wilgner Galan Ferreira da Silva, de 26 anos, que acabou preso em flagrante na chácara onde a maconha e o lança-perfume estavam escondidos.

“Hoje investigadores da 17ª SDP receberam informações de que teria uma certa quantidade de LSD em uma casa no Núcleo João Paulo. Os policiais civis foram até o local e confirmaram a veracidade da informação, constatando que um homem estava em uma casa onde acabaram localizados os 100 pontos de LSD. Quando os policiais faziam essa diligência foram informados que o filho desse homem estaria guardando 26 quilos de maconha e quatro frascos de lança-perfume em uma chácara na região da estrada do Rio Bom. Em seguida policiais civis foram até a propriedade rural e localizaram os 26 quilos de maconha e quatro frascos de lança-perfume, além de prender o rapaz de 26 anos em flagrante por tráfico de drogas. Ele é filho do homem que estava na casa onde o LSD acabou apreendido. Pai e filho estão envolvidos na situação, mas ainda vamos fazer o interrogatório de ambos e se for constatado que o pai do rapaz estaria armazenando a droga para alguma pessoa, aí o pai também poderá ser autuado por tráfico de drogas”, disse o delegado-chefe da 17ª SDP, dr. Marcus Felipe.

De acordo com o Código Penal Brasileiro (CPB), a pena para os condenados pelo crime de tráfico de entorpecentes varia de cinco a 15 anos de prisão.

Veja vídeo do local da apreensão das drogas:

Deixe seu comentário