16/09/2020

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, Doutor Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, confirmou na terça-feira (15) que a Cadeia Pública da cidade de Rio Bom foi desativada, com a transferência de 26 presos para outras unidades carcerárias, a maioria deles para penitenciárias de Londrina.

“A 17ªSDP deu apoio a agentes do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen) para fazer a remoção de 26 presos da Cadeia Pública de Rio Bom, que foi desativada e não vai ter mais alocação de presos naquele espaço. Desses 26 detentos, 16 presos foram transferidos para Londrina e 10 redistribuídos para algumas Cadeias que já são de gestão plena do Depen, como as de Apucarana, Arapongas e Rolândia”, afirmou o delegado-chefe da 17ª SDP

O doutor Marcus observou ainda que para a Polícia Civil a remoção dos presos da Cadeia Pública de Rio Bom é um avanço e uma “dor de cabeça a menos”, pois tratava-se de um dos poucos casos de Comarca (Marilândia do Sul, que engloba Rio Bom e Mauá da Serra) no Paraná com mais de uma Cadeia Pública.

“Isso dificultava a guarda e vigilância dos detentos, que agora foram absorvidos pelo sistema penitenciário e os presos estão sob responsabilidade do Depen. É bom para a Polícia Civil e bom também para a Polícia Militar (PM), porque a Cadeia de Rio Bom ficava anexo ao destacamento da corporação. Agora as pessoas que forem presas em Rio Bom serão levadas para a Cadeia Pública de Marilândia do Sul e se não houver espaço, vão ser redistribuídas para unidades carcerárias da região”, finalizou o delegado-chefe da 17ª SDP.

Deixe seu comentário