16/09/2019

Foi criada na Assembleia Legislativa do Paraná uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) composta por deputados de vários partidos para investigar as ONG’s (Organizações Não Governamentais) que estejam atuando de forma irregular, fraudulenta, inclusive com dinheiro público.

Teoricamente, as ONG’s são organizações sem fins lucrativos, constituídas formalmente e autonomamente, caracterizadas por ações de solidariedade no campo das políticas públicas, em proveito de populações excluídas das condições da cidadania.

Existem no estado do Paraná muitas entidades com essa responsabilidade que prestam relevantes serviços nas áreas de ação social, ecologia e defesa dos animais, porém, nos últimos tempos, algumas entidades têm desvirtuado suas funções realizando desvio de dinheiro público.

A CPI será presidida pelo deputado Ricardo Arruda e será composta pelos deputados Delegado Jacovós, Delegado Francischini, Delegado Recalcatti, Galo e Do Carmo.

Sobre sua participação na Comissão, o Delegado Jacovós, fez questão de frisar que “existem muitas ONG’S sérias neste país, no entanto, algumas se formam, praticamente só para captarem dinheiro público e desviarem esses recursos”.

Jacovós citou casos de desvios de bilhões de reais praticados por entidades que foram criadas para prestarem serviços sem fins lucrativos em diversas áreas e o mais recente, veio a público pelo ministro Ricardo Salles ao denunciar que pelo menos 500 milhões dos mais de 3 bilhões de reais que vieram de outros países para o Fundo de Preservação da Amazônia, foram indevidamente usados para pagamento de salários, viagens e treinamentos de membros de ONG’s.

Via Assessoria

Campartilhe.

Sobre o Autor

**** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal do Canal 38 pelo Whatsapp: (43) 9 8447-1929 ****

Deixe Um Comentário