10/09/2019

Silmara Vanessa de Souza, 28 anos, auxiliar em barbearia, foi ouvida pela Polícia Civil de Apucarana, após contratar e espalhar nas redes sociais vídeo feito pelo  travesti youtuber, difamando o prefeito de Apucarana.

A Polícia Civil de Apucarana por ordem do delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), Dr. Marcus Felipe da Rocha, mandou conduzir na tarde desta terça-feira (10), por volta das 17h20, a auxiliar de cabeleireiro para dar explicações do vídeo feito pelo  travesti youtuber Valéria Huston, conhecida nas redes sociais por fazer ”trolagem” além dela ter contratado, ainda espalhou um vídeo difamatório contra o prefeito de Apucarana, Junior da Femac, que acabou viralizando nas redes sociais.

Após a repercussão negativa, o youtuber denunciou a mulher que teria lhe contratado e fez ainda um vídeo se desculpando.

O prefeito de Apucarana deu queixa na Polícia Civil de Apucarana, a mulher foi ouvida e confirmou ser autora da contratação e divulgação do vídeo pejorativo com calunias divulgado na manhã de hoje.

Segundo entrevista concedida ao Portal de Noticiais do Canal 38, a mulher confirmou ter contratado o travesti para fazer a ”trolagem” com o prefeito e disse não ter nenhum envolvimento de político, e se desculpou dizendo que não queria magoar o prefeito,  ela estava sendo assistida pelo renomado advogado criminalista João Batista Cardoso..

Veja entrevista completa com o delegado e da autora da contratação e divulgação do vídeo difamatório.

Campartilhe.

Sobre o Autor

**** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal do Canal 38 pelo Whatsapp: (43) 9 8447-1929 ****

2 Comentários

Deixe Um Comentário