26/03/2020

Em meio à pandemia de Coronavírus, muitas medidas de prevenção foram tomadas para evitar a proliferação do vírus.

Os comércios estão fechados. As pessoas que podem, estão em suas casas. As aulas foram suspensas. Tudo para combater a doença. Porém, como existe a previsão do avanço da pandemia do Coronavírus no Brasil, os Senadores e Deputados falam em suspender as eleições municipais de 2020 e destinar os R$2 bilhões do fundo eleitoral para ações contra a Covid-19. Tal iniciativa também tem a total aprovação do deputado estadual José Aparecido Jacovós (PL), o “delegado Jacovós”, que foi eleito parlamentar por Apucarana com 61.310 votos.

Conhecido como ‘fundão’, o valor ajuda bancar as campanhas de candidatos. A intenção é unificar as datas das eleições e escolher em 2022 não só Presidente, Governador e Deputados Estaduais e Federais, mas também eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Mas para que isso aconteça, é preciso ainda muita discussão e um projeto para ser votado.
A possibilidade de destinar esse alto valor em dinheiro para o combate do Coronavírus desagradou alguns políticos.

Mas como o recurso é para ser destinado à Saúde Pública, o Deputado Delegado Jacovós afirmou que apoia a ideia. “Não dá para pegar R$ 2 bilhões e gastar com campanhas políticas nesse momento tão alarmante pelo qual o Brasil e o planeta. É preciso primeiro cuidar do povo, priorizar a preservação de vidas humanas e não pensar em dinheiro pata gastar com campanhas políticas” defende Jacovós.

Deixe uma resposta