Desembargador José Laurindo de Souza Netto

10/11/2020

O desembargador José Laurindo de Souza Netto foi eleito na noite desta segunda (9) presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) para o biênio 2021/2022 com 74 votos.

A segunda colocada, a desembargadora Lidia Maejima, obteve 42 votos e foram três votos em branco e um nulo. Os dois foram os mais votados na manhã desta segunda (9) para o cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) e participaram de uma nova votação. “A palavra é gratidão. Essa eleição virtual ficará na história. Felicito todos os colega eleitos, o nosso grande tribunal. Vou dar continuidade à gestão atual do desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, pensando sempre no ser humano. O TJPR segue na sua caminhada para engrandecimento da justiça paranaense que segue na vanguarda do judiciário brasileiro”, disse o desembargador eleito Laurindo.

A primeira eleição inteiramente eletrônica do TJPR foi organizada pelo Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) e pela Comissão Eleitoral composta pelo atual Chefe do Poder Judiciário paranaense, Desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, e pelos dois integrantes mais antigos do Tribunal: Desembargador Telmo Cherem e Desembargadora Regina Helena Afonso de Oliveira Portes.

Biografia

José Laurindo de Souza Netto, filho de João Laurindo de Souza Netto e Dora Herderico de Souza, nasceu no dia 5 de maio de 1960, em Curitiba (PR). O magistrado é bacharel em Direito pela Universidade Católica do Paraná, turma de 1982.

Ingressou na magistratura após concurso, sendo nomeado no dia 4 de abril de 1989 Juiz Substituto da comarca de Telêmaco Borba. Foi nomeado Juiz de Direito no dia 6 de junho de 1990 e judicou nas comarcas de Ortigueira, Arapongas, Piraquara e Curitiba.
No dia 17 de maio de 2010, foi promovido ao cargo de Desembargador do TJPR.

Doutor em Relações Sociais pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), concluiu estágio em pós-doutorado na Universidade de Roma. É professor da Escola da Magistratura do Paraná (EMAP), da qual também é supervisor pedagógico. Além disso, leciona no Curso de Mestrado da Universidade Paranaense (Unipar).

Publicou três livros e vários artigos jurídicos em jornais e revistas brasileiras e estrangeiras.

Cúpula diretiva

Além dos novos integrantes da Cúpula do Judiciário paranaense, os 120 desembargadores, durante a votação secreta, escolheram na tarde desta segunda os novos ocupantes dos cargos da Ouvidoria, os 12 integrantes da metade eleita do Órgão Especial (OE), e os quatro membros eleitos do Conselho da Magistratura. Foi a primeira vez que a eleição para a cúpula diretiva do TJPR foi feita de forma virtual por causa da pandemia de Covid-19.

Foram eleitos:

Presidente

Desembargador José Laurindo de Souza Netto

1º Vice-Presidente
Desembargador Luiz Osório Moraes Panza, com 60 votos.

Corregedor-Geral da Justiça
Desembargador Luiz Cezar Nicolau, com 111 votos (candidato único).

2º Vice-Presidente
Desembargadora Joeci Machado Camargo, com 86 votos.

Corregedor da Justiça
Desembargador Espedito Reis do Amaral, com 114 votos (candidato único).

Ouvidor-Geral
Desembargador Celso Jair Mainardi, com 66 votos.

Ouvidor
Desembargador Jorge de Oliveira Vargas, com 97 votos (candidato único).

Órgão Especial
Além do Presidente (a ser definido), do 1º Vice-Presidente e do Corregedor-Geral da Justiça, membros natos do OE, passam a compor o Órgão como membros efetivos:
Desembargador Vilma Régia Ramos de Rezende (Quinto Constitucional – OAB), com 100 votos.
Desembargador Clayton de Albuquerque Maranhão (Quinto Constitucional – MP), com 107 votos.
Desembargador Fábio Haick Dalla Vecchia, com 97 votos.
Desembargador Marco Antonio Antoniassi, com 95 votos.
Desembargador Fernando Ferreira de Moraes, com 92 votos.
Desembargador Mario Helton Jorge, com 90 votos.
Desembargador Ana Lúcia Lourenço, com 88 votos.
Desembargador Astrid Maranhão de Carvalho Ruthes, com 86 votos.
Desembargador Lenice Bodstein, com 70 votos.

1º Suplente: Desembargador Paulo Cezar Bellio.
2º Suplente: Desembargador José Sebastião Fagundes Cunha.

Conselho da Magistratura
Além do Presidente (a ser definido), do 1º Vice-Presidente, do Corregedor-Geral da Justiça e do Corregedor da Justiça, membros natos do Conselho, foram eleitos:
Desembargador Sigurd Roberto Bengtsson, com 104 votos.
Desembargador Francisco Eduardo Gonzaga de Oliveira, com 90 votos.
Desembargadora Themis de Almeida Furquim, com 81 votos.
Desembargador Roberto Antônio Massaro, com 81 votos.

Fonte:Bem Paraná

Deixe seu comentário