Foto: Divulgação

07/03/2022

Uma grande operação conjunta entre a Polícia Militar, Depen, Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal, com apoio do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMoa), iniciou a transferência de presos da cadeia de Arapongas para a Penitenciária Estadual de Londrina (PEL). A operação começou na manhã desta segunda-feira (07/03), com cerca de 60 detentos sendo transferidos nesta primeira etapa.

“É um dia histórico para a segurança de Arapongas”, avalia o secretário municipal de Segurança Pública e Trânsito, Paulo Sérgio Argati. O prefeito Sérgio Onofre já anunciou que pretende demolir o prédio da Cadeia Pública. Já está em construção, na Zona Sul de Arapongas, o Centro de Detenção Provisória (CDP), uma obra de R$ 7,3 milhões, em parceria com o governo estadual.

Segundo Argati, até o final deste mês todos os detentos – são aproximadamente 260 pessoas – devem ser transferidos. Argati informou que o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen-PR) optou por fazer a transferência, pois o prédio da cadeia pública de Arapongas não tinha mais condições de abrigar os detentos.

“O local não era o ideal é não comportava mais os presos, estava com sua capacidade máxima, já tinha passado da hora de ser desativado. Com a construção do Centro de Detenção Provisória (CDP), esses presos que foram transferidos para a cadeia nova de Londrina devem retornar para o município assim que a obra do nosso CDP for finalizada”, explicou o secretário. A demolição do prédio da delegacia deverá ocorrer ainda neste mês.

Foto: Divulgação

Clique aqui e se inscreva em nosso canal no YouTube.

Deixe seu comentário