29/05/2020

Além da redução do impacto no meio ambiente, as contas tiveram redução de 90%.

No Dia Mundial da Energia, comemorado nesta sexta-feira 29/05, com o objetivo de motivar uma conscientização das pessoas sobre a importância de economizarem energia e incentivarem o uso de energias renováveis (eólica, hídrica, solar, biomassa, entre outras), a Câmara Municipal de Apucarana tem motivos para comemorar essa conquista.

Além da economia financeira que reflete nos cofres públicos, a economia maior se dá na diminuição dos impactos ambientais causados durante sua geração. “Hoje, as chamadas energias renováveis são importantes maneiras naturais de obtermos energia. E, foi pensando, tanto na economia aos cofres públicos como no meio ambiente que nós vereadores e vereadora, optamos, no final do ano passado, pela instalação da energia solar, no prédio do legislativo”, explicou o presidente da Câmara, professor Molina.

Segundo ele, os resultados alcançados são positivos. “Estamos passando por um momento difícil, por conta da pandemia de Covid-19. No nosso ambiente de trabalho, o sistema continua o mesmo. Apenas os servidores do grupo de risco estão em casa, trabalhando no sistema Home Office, os demais estão todos no prédio em suas devidas funções, mas por termos adotado o sistema solar, as contas diminuíram e com isso, estamos economizando energia e beneficiando o meio ambiente”, explicou Molina.

Ele lembra que a última conta, antes do sistema solar ser implantado, em dezembro de 2019, teve o valor de R$ 4.000,54. “Já em maio de 2020, o valor foi de R$ 286,04. De janeiro a maio registramos 90% de redução”, revelou Molina.

O projeto na Câmara de Apucarana é pioneiro entre as Câmaras no norte do Paraná e teve um investimento de R$ 110 mil com a instalação de 100 painéis, com potência de no mínimo 33,5 quilowatts pico, e inversor (transformador) que faz parte do sistema fotovoltaico, que possibilitará a geração de até 120% da energia para a Casa de Leis, ressaltando o comprometimento de transparência e economia aos cofres públicos dos parlamentares.

Molina informou ainda que irá protocolar um Requerimento pedindo informações a Copel sobre a possibilidade de fazer doação das “sobras” da energia gerada pelo Legislativo apucaranense para alguma instituição da cidade. “Vou convidar todos os vereadores e vereadora para assinarem comigo esse Requerimento e, se for o caso, faremos um projeto de lei de autoria da presidência com a assinatura de todos os vereadores e vereadora. Temos que ter um parâmetro porque a energia solar é sazonal: no verão acumula mais e no inverno menos. Mas eu penso que é possível, temos uma economia de energia considerável e precisamos sentir da Copel se podemos fazer essa doação para uma instituição de caridade. Tenho certeza que irá colaborar e muito”, disse o presidente.

Finalizando, Molina explicou que espera contar com a parceria da Copel e beneficiar uma entidade da cidade.

Lembramos que o site oficial da Câmara Municipal de Apucarana disponibiliza, para a comunidade, um link que remete a geração de relatórios com informações de valores e energia gerada e consumida no dia, mês e ano.

Confira acessando:

https://www.solarweb.com/PvSystems/PvSystem?pvSystemId=307c2149-538c-4719-b113-eb9a771f1bf8

DICAS DE ECONOMIA

Diante do cenário em que estamos, por conta da pandemia, desemprego, contratos sendo desfeitos, salários reduzidos, devemos estar atentos ao uso adequado da energia, evitar o desperdício e consequentemente, o aumento na conta de luz.

Fica aqui algumas dicas para economizar energia elétrica:

Desligar as luzes dos cômodos da casa que não estão sendo usados;

Não abrir a porta da geladeira por repetidas vezes;

Trocas as lâmpadas incandescentes por fluorescentes;

Secar suas roupas ao sol e vento;

Usar máquina de lavar com carga completa e temperatura baixa;

Diminuir o uso de papel e aproveitar mais os recursos online.

– Aquecedor/ar condicionado – Só use se for necessário

– Chuveiro –  Programe o banho da família para o período mais quente do dia, e, se possível, use o chuveiro na posição “verão”, já que a economia do equipamento nesta configuração pode chegar a 30%. Vale lembrar que o tempo ideal para um banho sem desperdício é de 5 a 8 minutos.

Eletrônicos –  Ao terminar o trabalho no computador, desligue o equipamento eletrônico, inclusive tirando-o da tomada, pois a função stand by também consome energia. Para evitar o desperdício, programe a proteção de descanso de tela quando o equipamento não estiver em uso. Quanto à televisão, não durma com o aparelho ligado e, se for o caso, coloque a programação Sleep.

Celular Quando o aparelho não estiver em carregamento, retire-o da tomada. Faça o mesmo com o carregador. A energia gasta é pequena, porém ganha outra dimensão quando se soma ao gasto de energia de todos os demais aparelhos. Por questão de segurança, não utilize o celular enquanto o aparelho é carregado na tomada.

Jornalista Simone Penharbel – Assessoria de Imprensa / Câmara Municipal de Apucarana

Foto: Assessoria de Imprensa / Câmara Municipal de Apucarana

Deixe uma resposta