04/12/2019

Mais um júri popular vai ser realizado nesta quinta-feira (5) no plenário do Fórum Desembargador Clotário Portugal, na Comarca de Apucarana.

Legenda da foto – Alessandro de Melo Galindo, 35 anos, e Willian Bengosi Rodrigues, 32, foram presos em menos de 24 horas após homicídio seguido de ocultação de cadáver – Foto: Divulgação – Arquivo

No banco dos réus estarão sentados dois homens acusados de homicídio, ocultação de cadáver, cárcere privado e ameaça, ocorridos em 26 de fevereiro de 2019, no município de Cambira.

De acordo com denúncia oferecida pelo MP, Alessandro de Melo Galindo, 35 anos, e Willian Bengosi Rodrigues, 32 anos, são acusados de matar a tiros e ocultar o cadáver de Leandro Menegon, de 35 anos. O crime aconteceu no interior de uma residência situada na Rua Antônio Bovo Sobrinho, em Cambira. Ainda segundo o MP, o autor dos disparos seria Alessandro, por achar que Leandro teria um caso extraconjugal com a sua companheira (crime passional). Willian teria auxiliado na consumação do plano para matar a vítima e ocultar o cadáver.

O corpo de Leandro foi colocado no porta-malas de um VW Gol, abandonado em canavial à margem do km 3 da Rodovia Florindo Picoli (para Bela Vista do Cambira), o que conforme a denúncia do MP caracterizou a ocultação de cadáver.

Cárcere privado e ameaças – O MP acrescentou que, no mesmo dia, a dupla ainda teria mantido Jocemar Gasparelo Vieira em cárcere privado dentro da mesma residência situada na Rua Antônio Bovo Sobrinho, em Cambira. Portando armas de fogo, Alessandro e Willian teriam agredido e ameaçado Jocemar de morte, “causando grave sofrimento físico e moral à vítima”, conforme especifica a denúncia do MP. Alessandro e Willian foram presos pela Polícia Civil menos de 24 horas após o homicídio e encontram-se detidos.

O júri popular tem início previsto para as 09 horas de quinta-feira (5) e a segurança no Fórum de Apucarana estará a cargo do sargento Antônio Heleno da Silva.

Compartilhe:

Sobre o Autor

**** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal do Canal 38 pelo Whatsapp: (43) 9 8447-1929 ****

Deixe Um Comentário