Menino de 4 anos apresentava marcas de agressões

09/02/2021

Pai do menino e de uma bebê de 10 meses está preso preventivamente em Arapongas. O Conselho Tutelar constatou que as crianças viviam em um ambiente insalubre. Justiça soltou mãe suspeita de manter filho de 4 anos amarrado. Ela está grávida de oito meses.

O homem suspeito de torturar os filhos, de 4 anos e 10 meses, negou que agredia as crianças ou que deixava o menino mais velho amarrado pelo tornozelo com um cadarço ao prestar depoimento à Polícia Civil. O suspeito está preso preventivamente no setor de carceragem da 22ª Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas. O vendedor autônomo disse que não bate no filho e afirmou não saber porque os cadarços estavam amarrados.

Ele e a esposa foram presos por maus-tratos na sexta-feira (5), e as duas crianças resgatadas pelo Conselho Tutelar. Segundo a Polícia Civil, a criança mais velha era amarrada com um cadarço de sapato pelos tornozelos e se alimentava no chão. O menino estava com vários hematomas e cicatrizes no corpo, de acordo com o Conselho Tutelar.

Além disso, segundo a polícia, a casa onde a família estava apresentava condições insalubres. As crianças ficavam no chão em meio a bitucas de cigarros, móveis espalhados por todos os cantos. A mulher, que está grávida de 33 semanas, foi solta na segunda-feira (8). Ela responderá ao processo em liberdade e não poderá se aproximar dos filhos.

Em depoimento à polícia, o pai das crianças contou que, enquanto a mulher trabalha em uma padaria ao longo do dia, é ele quem cuida dos filhos. O homem contou que foi denunciado pela escola por ter agredido o menino, mas alegou que não maltrata a criança e que tudo não passa de um mal entendido com a mãe da esposa porque ela quer a separação do casal.

O advogado do casal não negou que as crianças foram agredidas ou vítimas de maus tratos, no entanto lamentou que o Conselho Tutelar não tenha agido anteriormente para evitar esta situação. Ele acrescentou que a mulher foi liberada porque corria risco de dar à luz na cadeia, que está superlotada e disse ainda que vai pedir a liberdade do pai do menino nos próximos dias.

1 COMENTÁRIO

  1. Meu Deus Que mundo vivemos os pais fazem uqui fazem daqui a pouco estão soltos que linda essa lei que temos no Brasil por isso as torturas de crianças estão só aumentando que deus tenha misericórdia dessas crianças 😔

Deixe seu comentário