24/08/2020

O Conselho da Comunidade e Pastoral Carcerária está suprindo as necessidades dos presos com itens de higiene e medicamentos

A Polícia Civil e agentes carcerários de Apucarana voltaram a informar nesta terça-feira (24) que as entregas de sacolas com mantimentos e outros itens e as visitas a detentos do minipresídio local estão suspensas por causa do Coronavírus

As visitas aos mais de 300 detentos da unidade prisional ocorriam sempre às quartas-feiras. O Conselho da Comunidade e Pastoral Carcerária está suprindo as necessidades dos presos com itens de higiene e medicamentos.

As Secretarias de Estado de Justiça e da Segurança Pública do Paraná decidiram suspender as visitas íntimas e os encontros regulares nas unidade prisionais em decorrência da Covid-19.

As visitas de Organizações da Sociedade Civil, como entidades religiosas, por exemplo também estão proibidas. Houve mudanças também no sistema socioeducativo, voltado aos menores de idade que cometeram atos infracionais.

Todas as medidas, de acordo com a secretaria, foram tomadas em conjunto com outros órgãos do governo do Estado, a Ordem dos Advogados do Brasil, Ministério Público, Justiça e Defensoria Pública.

Medidas semelhantes causaram rebeliões em presídios na Itália, um dos epicentros da pandemia do Coronavírus. Detentos de 27 prisões do país europeu colocaram fogo em colchões e protestaram contra as restrições do governo.

Veja mais na programação jornalística do Canal 38

Deixe uma resposta