06/09/2020

Uma universitária de Apucarana que conseguiu vaga de estágio na Unidade de Pronto Atendimento de Apucarana (UPA), situada na Rua Desembargador Clotário Portugal, está pedindo ajuda para obter Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para desempenhar suas atividades no local.

Segundo a estagiária, cujo caso provavelmente não seja o único, a administração municipal não fornece luvas, gorro, avental, qualquer coisa que seja, para que estagiários fiquem protegidos de contágio, principalmente nesta época de pandemia do Covid-19, quando os riscos estão potencializados por esse vírus de grande letalidade.

“A administração municipal não dá nenhuma condição de trabalho aos estagiários, não podemos usar nada de lá; nem um copo de água mineral sequer eles dão, se a gente quiser, tem que levar de casa; só querem a prestação de serviços, mas sem colaborar, principalmente nesse momento de pandemia, onde é mais que necessário o uso de máscaras e luvas. Uma caixa de luvas com 50 pares custa R$ 80/R$90, sendo que o uso de luvas na UPA é muito grande e necessário e não tenho condições de comprar. Por isso estou pedindo ajuda”, afirma a estagiária.

Deixe seu comentário