13/01/2021

Um ex-servidor da Prefeitura de Apucarana que foi alvo de denúncia do Portal 38 News dando conta sobre existência de conta milionária em seu nome, com saldo atualizado na época em torno de R$ 2,6 milhões de reais, pode voltar a ser recontratado para trabalhar na administração municipal.

Atualmente, as contas bancárias com juros dos investimentos já estão em torno de R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais), sendo que os juros devem render em torno de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) mensais, ou seja, bem mais que o salário que ele pode voltar a receber.

A demissão dele do quadro servidores ocorreu no ano passado, após se tornar pública a existência da conta milionária em uma agência cooperada na área central de Apucarana. Segundo informações de bastidores, o dinheiro teria origem obscura e a demissão do servidor teria ocorrido por falta de “confiança”, já que somente após a divulgação da matéria seus comparsas tomaram conhecimento do valor real (de R$ 2,6 milhões de reais) aplicado na instituição financeira. E, como o salário na época ele teria que trabalhar em torno de 30 anos, sem gastar nada, para poder juntar o montante de 2,6 milhões de reais.

Ainda, de acordo com informações, o ex-servidor estaria com depressão e necessitando voltar a trabalhar na administração municipal, mesmo com quase R$ 3 milhões aplicado.

Por fim, é importante destacar que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) já estaria investigando a origem irregular do dinheiro aplicado nesta conta em Apucarana.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário