05/05/2021

Elza Maria Ortiz Pereira, esposa do apucaranense João Aparecido Pereira, de 40 anos, procurou a Delegacia de Apucarana nesta quarta-feira (5) e falou com órgãos de imprensa para pedir ajuda com a finalidade de encontrá-lo.

Segundo Elza, ele saiu de casa na segunda-feira (3), no Bairro Sanches dos Santos, com o carro da família, dizendo que iria ao banco para sacar um vale e informou que, se não voltasse, todos poderiam ficar tranquilos porque ele já iria direto para o serviço, em uma Pedreira no município de Marilândia do Sul, onde trabalha à noite.

Mas na terça-feira (4), o pessoal da empresa procurou a esposa do apucaranense, dizendo que ele não apareceu para trabalhar. “Na terça-feira (04) funcionários da empresa onde ele trabalha foram até a nossa casa para ter notícias porque ele não havia aparecido para trabalhar no dia anterior. Foi aí que fiquei sabendo que ele tinha sumido, quando o pessoal da firma foi procurar ele em casa. Então procurei a delegacia e registrei o boletim de ocorrência sobre o desaparecimento”, afirmou Elza ao repórter Lucas Leal, do Canal 38.

A mulher contou ainda que o marido apresenta um quadro de depressão e foram encontradas mensagens de lamentos em seu telefone celular. As tais mensagens teriam sido enviadas para o celular de um outro familiar e os parentes de João estão muito apreensivos com o seu sumiço.

O carro do apucaranense é um Fiat Uno prata, com placas AST-1893. Quem tiver informações sobre o paradeiro de João Aparecido Pereira pode entrar em contato com a Polícia Militar pelo 190 ou ligar para o telefone 43 98826 7099.

Deixe seu comentário