01/12/2020

Policiais militares de Apucarana foram acionados, às, 03h46 desta terça-feira (1º/12), pelo pessoal da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), situada na Rua Desembargador Clotário Portugal, no centro da cidade, depois que um homem deu entrada no local com ferimentos provocados por golpes de arma branca.

Os policiais militares foram até a UPA e durante conversa com o homem ferido este disse aos PMs que as facadas foram desferidas por uma filha dele e lhe provocaram quatro perfurações superficiais no braço esquerdo, uma perfuração profunda na axila esquerda e uma perfuração superficial no tórax.

Ele acrescentou que o fato aconteceu na sua residência, na Rua Joaquim Antonio dos Santos, Jardim Cidade Alta, em Apucarana. Policiais militares foram até o local, mas a acusada de esfaquear o pai não se encontrava mais lá. No local foi feito contato com o pai do homem esfaqueado e avô da autora dos golpes e este disse às equipes da PM que anteriormente ao fato envolvendo seu filho e a neta, o próprio filho esfaqueado o agrediu e causou lesão em seu braço, necessitando o idoso de atendimento médico.

Quando o idoso retornou à sua residência após ser medicado encontrou o portão fechado e o filho se negou a abri-lo. Nesse momento sua neta pulou o muro e entrou para pegar a chave para abrir o portão para o avô. Foi quando o homem esfaqueado passou a agredir a filha dele e ela, na tentativa de se defender, pegou uma faca e desferiu golpes contra seu pai, ferindo-o, conforme boletim de ocorrência da PM. Diante dos fatos foi lavrado o boletim de ocorrência e feitas as devidas orientações.

Deixe seu comentário