20/04/2020

No local as equipes da GM e PM apreenderam uma pistola 9mm carregada com duas munições; porções de maconha e sete comprimidos de ecstasy; foram constatadas várias irregularidades em relação ao que foi estabelecido em meio ao contingenciamento do COVID-19.

A Guarda Municipal, Polícia Militar, Samu, Conselho Tutelar e o pessoal do setor de fiscalização da Secretaria de Saúde de Arapongas colocaram fim a uma festa que era realizada na região da Estrada do Aliança no domingo (19) à tarde.

De acordo com o pessoal da fiscalização e forças de segurança, o evento ignorava as determinações do Decreto Municipal (nº 216/20 de 17 de abril de 2020) que estabelece a suspensão de eventos até o dia 24 de abril de 2020, visando melhor estudo e definição de regras sanitárias para as seguintes atividades: cinemas e demais locais de eventos; casas noturnas; tabacarias; boates; salões de festas e similares; clubes, associações e congêneres; áreas comuns; salões de festa; playgrounds; piscinas e academias de condomínios; parques públicos e similares; parques públicos ou similares. O decreto impõem a suspensão de festas de qualquer natureza – públicas ou privadas, que aglomerem pessoas em locais distintos para tanto: salões de festa; chácaras e etc.

A festa em Arapongas contava com a participação de cerca de 100 pessoas, entre as quais cerca de 20 adolescentes. No local as equipes da GM e PM apreenderam uma pistola 9mm carregada com duas munições; porções de maconha e sete comprimidos de ecstasy, e dinheiro – supostamente arrecadado durante a entrada.

Segundo a GM, o dono da arma não foi encontrado. A jovem que assumiu ser a responsável pela festa e uma amiga que contribuiu na divulgação do evento nas redes sociais foram conduzidas à 22ª subdivisão Policial (SDP) para os procedimentos legais.

A dona da festa foi enquadrada no artigo 268 – do Código Penal ( Infração de medida sanitária preventiva/descumprimento de decreto: infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Pena – detenção de um mês a um ano, multa.).

Segundo informações, foram constatadas várias irregularidades em relação ao que foi estabelecido em meio ao contingenciamento do COVID-19.

A Sestran de Arapongas disponibiliza ramais telefônicos para efetuação de denúncias relacionadas ao descumprimento dos decretos municipais durante a pandemia do coronavírus(COVID-19) . Além do 153, a população pode denunciar através dos telefones: 9 9180- 0073/ 3902-1010ou 0800- 645 – 9060.

Veja mais na programação jornalística do Canal 38

Deixe seu comentário