12/02/2021

Amigos, fotógrafos, cinegrafistas, buffet, djs e todos envolvidos em eventos em Apucarana marcaram uma homenagem para o fotógrafo Juliano José da Silva, de 34 anos, às 19 horas desta sexta-feira (12), na frente da Catedral Nossa Senhora de Lourdes. Ele estava internado no Hospital da Providência e morreu em decorrência da Covid-19 na quinta-feira (11).

A notícia do falecimento do fotógrafo provocou muita comoção nas redes sociais, pois Juliano era muito querido em Apucarana e região.

“A quadra está vazia , lá nas traves só tem as luvas porque o goleiro partiu, atrás da máquina fotográfica não tem mais alegria e magia do fotógrafo, a luz do flash perdeu seu brilho , mais lá na sua nova morada ele vai estar fazendo infinitos clicks , porque era assim que a gente via o nosso amigo Juliano, fazendo grandes defesas , clicando com maestria e competência, fazendo seu flash brilhar e registrar momentos inesquecíveis. Amigo, cuida de nós aí de cima , precisamos muito , saudades eterna”, diz texto postado em rede social por amigos de Juliano.

“Não consigo acreditar amigo , quantos trabalhos juntos , quase 5 anos toda terça-feira no futsal no Glorinha. Coração está partido , a fotografia perde um grande profissional e eu perdi um amigo espetacular Descanse em paz amigo , sentimentos a toda família . Você vai fazer muita falta”, afirma outro amigo do fotógrafo em postagem na internet.

Sepultamento
A Autarquia de Serviços Funerários de Apucarana (Aserfa) divulgou que o fotógrafo Juliano José da Silva vai será sepultado na tarde desta sexta-feira (12), às 13 horas, no Cemitério Municipal de Rio Bom.

Deixe seu comentário