18/11/2020

Relatório de ocorrências da Guarda Civil Municipal (GCM) de Arapongas divulgado nesta quarta-feira (18) mostra que um casal conhecido no meio policial foi preso pelo Grupo de Apoio Tático (GAT) com 61 pedras de crack e dinheiro durante patrulhamento na Rua Pauxi, Vila Industrial.

De acordo com boletim de ocorrência, a equipe GAT em patrulhamento na rua Pauxi, avistou quando o homem entregou algo por cima do muro para a mulher, que guardou o invólucro na região de seus seios, e que no meio do quarteirão seguinte, foi abordada e encontrado em suas vestes íntimas um “kit” de 29 pedras de crack, prontas para a venda. Imediatamente o GAT adentrou na residência do suspeito, onde o mesmo se encontrava dentro do banheiro. Ele foi revistado e não foi localizado nada de ilícito, porém ao abrir a tampa do vaso sanitário, foi
possível ver três pedras de crack com embalagem idêntica a que estava com a mulher.

Foi possível fazer a retirada do vaso sanitário de uma embalagem contendo mais 29 pedras de crack, totalizando 61 pedras de crack apreendidas. Ainda nas buscas foram localizado R$28, duas facas com o resquício de droga que
certamente foram utilizadas para fazer o fracionamento para a venda, um rolo de papel alumínio e mais R$890,00 na casa da frente, residência pertencente a mãe do suspeito. A mulher afirmou que o dinheiro que estaria lá era pertencente ao filho traficante.

Diante dos fatos, foi dado a voz de prisão ao casal, dito os direitos constitucionais a eles e encaminhados até a UPA para verificação de suas integridades físicas para fins judiciários (protocolo de Covid-19) e posteriormente acabaram levados à 22ª Subdivisão Policial (SDP) junto com a droga e o dinheiro para os procedimentos legais.

Deixe seu comentário