23/09/2020

O Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana está sem ter como acomodar corpos para posterior identificação já há cerca de 1 ano.

As necropsias são realizadas e os corpos já liberados de imediato para velórios e sepultamentos. É que a geladeira do órgão está estragada, isso já há um bom tempo, segundo informações.

Em caso de corpo sem identificação de uma vítima de acidente, por exemplo, ou que precisa esperar a família que é de longe, ou indigente sem identificação, o corpo tem que ser encaminhado ao IML de Londrina para cumprir o que determina a lei.

O problema é antigo (cerca de um ano) e a situação é preocupante, uma vez que se houver algum crime ou acidente e algum corpo der entrada no IML de Apucarana, o cadáver não poderá ficar a disposição de familiares ou do órgão aguardando os prazos legais para sepultamento, sendo encaminhado para o IML de Londrina.

Deixe seu comentário