Obra recém-construída é alvo de vandalismo em Arapongas - Fotos: Divulgação

26/01/2021

Pichações nas paredes, portas e trincos estourados, portas de entrada e dos banheiros quebradas, entre outras danificações. As cenas lamentáveis foram registradas no recém-construído Ginásio de Esportes do Conjunto Araucária.

A obra nem chegou a ser inaugurada e já sofreu atos de vandalismo. Todo o estrago foi percebido por uma moradora da região, que logo comunicou um servidor da Secretaria de Esporte. “Recebi as imagens e a notícia dos estragos ocorridos no novo ginásio do Araucária. Cenas lamentáveis. É um descaso com o dinheiro público. Dinheiro que todos nós contribuímos com os nossos impostos”, diz o secretário de Esporte, Altair Sartori.

O fato foi repassado para a Guarda Municipal, por meio da Secretaria de Segurança. Desde o ocorrido, equipes da GMA reforçaram o patrulhamento na região. Além disso, utensílios como bebedouros e extintores foram recolhidos do local, com o apoio da Sestran e vigilantes do Centro de Monitoramento Municipal. Por enquanto, os objetos ficarão guardados para que não haja qualquer outro tipo de dano.
De acordo com o vice-prefeito e secretário de Obras, Jair Milani, com a obra do novo ginásio concluída, a Prefeitura já se organizava para a entrega oficial, porém, devido ao quadro da pandemia, isso acabou sendo adiado. Todos os reparos necessários ficarão por conta do município.

“Equipes da Secretaria de Obras já foram até o local para um relatório minucioso do vandalismo ocorrido no ginásio do Araucária. É triste ver que uma obra que nem foi inaugurada já foi alvo de um crime. Além dos serviços de recuperação desses danos, vamos fazer o possível para chegar até os autores desse vandalismo para as medidas cabíveis”, lamenta Milani. No decorrer da próxima semana, serão iniciados os reparos. A Seodur também já está providenciando um levantamento de quanto deverá ser gasto nesses procedimentos.

OUTROS CASOS
Nas últimas semanas, houve outros registros de vandalismo em Arapongas. Um deles foi no Cemitério Municipal, onde itens de higiene do banheiro masculino, como suportes de sabonete líquido e toalhas de papel, foram quebrados e queimados. Além de danos em uma das divisórias do mesmo banheiro. Ainda no interior de Cemitério, mais atos de vandalismo foram constatados, como danificações na estrutura de aproximadamente quatro túmulos. Danos também foram registrados nas placas das obras do prolongamento da Rua Rouxinol e da Interligação do Conjunto Piacenza ao Paulino Fedrigo. Na Rouxinol, a placa inaugural foi arrancada e quebrada, além de pichações no suporte de concreto. Na interligação, a placa foi totalmente arrancada. Em nenhuma das situações foi possível reconhecer o autor do delito, que deve ter agido na madrugada.

Denúncias – Em casos de vandalismo ao patrimônio público, a população pode colaborar denunciando através do 153 ou 0800 645 90 60 (Guarda Municipal).

Deixe seu comentário