13/05/2020

No local havia até uma máquina de embalar droga a vácuo, evidenciado a complexidade do esquema de tráfico de drogas.

Guardas municipais de Arapongas conseguiram fazer mais uma grande apreensão de drogas às 21h55 de terça-feira (12), durante patrulhamento na Rua Tapicuru, na Vila Triângulo, em local já conhecido como “biqueira” (local onde se vende tóxicos).

Inicialmente os guardas visualizaram um menor já conhecido no meio policial saindo de uma residência, sendo que o mesmo ao perceber a presença da viatura se mostrou bastante nervoso, vindo a mudar bruscamente seu comportamento. Diante de informações e da atitude suspeita do adolescente, foi realizado a abordagem no mesmo, onde durante a busca pessoal foi encontrado com ele 200 gramas de maconha, mais duas porções de cocaína, uma tela de celular, uma bateria e um fone de ouvido desmontado enrolado em um papel filme.

Diante do fato foi dado voz de apreensão ao menor e indagado onde teria pego tal droga, sendo que de pronto ele informou que pegou o tóxico na casa de seu cunhado, a mesma moradia da qual a GM visualizou o adolescente saindo.

Em seguida os GMs entraram na residência e lá encontraram a pessoa de E. P., elemento também já conhecido no meio policial. Ele foi abordado e questionado se haveria droga em sua residência, negou, porém logo em seguida disse para a equipe que teria mais drogas na casa do fundo que estava vazia. Assim foi feita a vistoria na moradia do fundo e encontrado mais 15 porções de maconha, totalizando 9,3 kg do entorpecente , mais 7 porções da mesma droga, porém essas 7 porções estavam em “bucha” (droga prensada), que posteriormente pesada deu a quantidade de 3,4 kg do tóxico.

No total foram apreendidos 12,8 kg de maconha. Também foram localizadas duas balanças digitais da marca SF 400, embalagens de papel filme e de papel para embalar droga a vácuo, dois pacotes de eppendorfs usados para embalar cocaína, e ainda no seu quarto uma máquina de embalagem a vácuo da marca Vacuum Sealer e mais R$ 707 em dinheiro. O suspeito assumiu que estava guardando a droga para uma pessoa, e que ganharia R$ 500 reais por mês para fazer isso.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao homem, relatados seus direitos constitucionais, e ele acabou encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) juntamente com o menor, para exames de praxe sem a utilização de algemas.

Posteriormente o homem e o menor foram conduzidos até a 22ª Subdivisão Policial (S.D.P) junto com as drogas apreendidas para os procedimentos cabíveis. Os familiares do menor foram informados dos fatos e também o Conselho Tutelar e a Promotoria da Infância e Juventude.

Para finalizar, a GM agradeceu às denúncias anônimas feitas pela população quanto aos crimes cometidos contra a vida ou à propriedade através dos fones: 0800.645.9060, 153 , SITE WWW.GMARAPONGAS.COM.BR, FACEBOOK (GUARDA MUNICIPAl) , INSTAGRAM E WHATSAPP NO NÚMERO 99614- 6369.

Deixe uma resposta