22/09/2020

Governo Federal condiciona retorno a medidas sanitárias de cada estado e município e já abre possibilidade de ampliação de público. CBF quer discutir com os clubes abertura geral.

A CBF recebeu sinal verde do Governo Federal para colocar em prática plano de retorno de público nos estádios de futebol. O Ministério da Saúde aprovou estudo com proposta de retorno de até 30% de torcida aos campos. A condição é que cada estado e município realize seus protocolos e adote medidas sanitárias apropriadas para receber torcedores.

Em nota – confira a íntegra mais abaixo –, o Ministério da Saúde disse que o percentual de torcida no estádio “pode ser aumentado posteriormente” e explicou que a abertura de cada estádio vai levar em conta série de fatores, entre eles “a variação da curva epidemiológica, a taxa de ocupação de leitos clínicos e leitos de UTI e a capacidade de resposta da rede de atenção à saúde local e regional.”

O jornal “O Globo” publicou a notícia na manhã dessa terça-feira. Em julho, o presidente da Comissão Nacional de Médicos de Futebol, Jorge Pagura, dizia que esperava público de volta aos estádios apenas depois da vacina.

Apesar da autorização, a CBF ainda vai discutir com os clubes como levar adiante a ideia de retorno do público aos estádios. Há divergências e diferentes situações em estados e municípios.

Em paralelo à iniciativa da CBF com o Governo Federal, a Federação Estadual de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), depois do primeiro encontro no Rio de Janeiro para discutir o retorno do futebol com público, segue com encontros para discutir a volta do público. Nesta terça, promove debate sobre o assunto com autoridades da prefeitura do Rio e do Governo Federal.

Fonte: Ge – Globo.

Deixe seu comentário